ele há coincidências incríveis

ontem escrevi sobre o leroy da frick collection e hoje apanhei na rua (estou sempre cheia de pena de não poder levar comigo metade da tralha que os novaiorquinos deitam fora todos os dias) o disco (vinyl, 33rpm) do ‘fame’ e ainda dois outros que só pelas capas valem o trabalho de os carregar o resto do dia.

Comments are closed.