dragões chineses

a minha mãe saberá se alguma vez os calcei. creio que não. foram barcos, carros e naves espaciais dos bonecos mais pequeninos. depois guardei-os. moraram aí uns 20 anos em sucessivas gavetas, junto da minha roupa. quando os via pensava que um dia serviriam a um filho meu. nem me dava conta de como envelheciam. fui descobri-los hoje (pobres jubas, tão ralas). já não servem nos pés da e.

Comments are closed.