carnaval

bruxinha

o carnaval é uma obrigação dos pais e mães dos meninos que andam na escola.

1 comment » Write a comment

  1. Quando eu andava na escolinha era fanática pelas máscaras! Todos os anos sonhava com coisas diferentes e chateava a minha mãe, e insistia e sonhava e delirava!!!! Era a pessoa mais feliz do mundo quando a fatiota estava pronta !!! Sim porque na altura não se faziam máscaras em série. Não havia princesas nos hipermercados, pierrots chorosos em todas as lojas, holandesas em Lisboa… enfim… Os meus fatos eram feitos para Mim! À minha medida, pela minha (da minha mãezinha) costureira… !!! As fatiotas era únicas! E eu pousava para as fotografias como se fosse a rainha do mundo!

    Hoje em dia penso… Ai coitadiinha da minha mãe, que paciência… que amor. O que me alivia é que ela recorda estes tempos sempre com um sorriso nos lábios! Devia ser muito orgulhosa da personalidade da filhazinha determinada e que sabia o que queria, eheheh. Havia o encanto da originalidade. Hoje existe o encanto da massificação do homem aranha. Ele está em todas as esquinas! É mesmo o seu poder em acção!!

    O post tem quase um ano! Eu só a gora estou a comentar, mas está actual! Faltam 15 dias para a festividade, que hoje em dia não me aquece nem arrefece, mas admito que se me convidassem para ir ao Brasil eu ia! Vou gostar (vou porque hei-se ir um dia) de ver aquela folia incansável. Acho um fenómeno para lá de admirável, independentemente do sentimento pessoal de gosto ou não gosto.

    a.m.