15 meses e meio

puf

Chama e pede e está sempre a tomar decisões (quero ir lá para dentro, quero aquele objecto, quero que venhas comigo à varanda, quero o terceiro bago de arroz a contar da esquerda e décimo a contar de cima e não vou comer mais nenhum até me dares aquele). Às vezes desaparece da minha vista para a sala durante uns segundos e regressa a fazer que não com o dedo. Eu pulo da cadeira para perceber qual foi o disparate. Chora muito sentida quando está decidida a ter ou fazer uma coisa proibida mas distrai-se facilmente logo a seguir (ainda não devem ser estes os tantrums próprios da idade). Faz caretas e tenta parecer muito aborrecida quando não lhe fazemos a vontade. Reconhece cada vez mais coisas em revistas: bebés, carros, comida, etc.

[No que toca às ditas revistas, a Xis vai sempre directamente para ela porque só tem Getty Images inofensivas e alguma publicidade mais ou menos selecta. Dos artigos, nem os do Daniel Sampaio passam do banal ou pior que isso (antes também ia comprando a Pais&Filhos mas depois de um artigo pretensamente sério sobre as crianças indigo jurei que nunca mais. Só tenho pena porque gostava dos textos do Gonçalo M. Tavares…).]

3 comments » Write a comment

  1. Tem graça, também deixei de comprar a Pais&Filhos por essa razão (bom, e também por os meus filhos já não serem bebés e a revista ser muito mais dedicada a essa faixa etária….).

    A Xis é boa para nos rirmos ao sábado. Assim como quando éramos adolescentes e comprávamos a Maria para nos rirmos… A Xis é a Maria new age, a Maria para o novo milénio…

    beijinhos

  2. a xis… isso existe? pensei que era como aqueles cadernos do golfe, que vêm com o jornal e que deitamos no caixote da reciclagem a caminho do comboio…

  3. essa peça também me desiludiu muito… mas continuei a comprar (menos)… é mais forte do que eu, pronto.