projecto vmse

molde

Quando comprei a máquina de costura a primeira coisa que tentei fazer com ela foi um vestido para a E. Foi uma experiência frustrante. Por um lado porque a coisa mais complexa que tinha até então costurado tinha sido um saco para o cachimbo do meu pai (há 20 anos) e por outro porque em vez de imaginar um modelo o mais simples possível quis fazer uma coisa muito complicada, com vários tecidos, botões, forro e etc. Parti uma agulha, gastei tecido e fiquei aborrecida com a minha incompetência.

A máquina ficou parada quase três meses. Voltei a pegar-lhe para fazer o boneco número um, que não podia ser mais simples. A partir passei a usá-la quase todos os dias e agora já tenho algum à-vontade com as suas várias partes e funções.

Uma maré de comentários encorajadores levou-me ontem a deitar finalmente mãos ao Projecto VMSE (Vestido Muito Simples para a E.), com o qual sonhava desde Outubro. A parte mais divertida foi deitar a E. no papel de cenário estendido no chão e tentar desenhar o molde em volta dela. Claro que não funcionou e acabámos por o desenhar as duas (mas ela passou o resto do dia a ir por ela deitar-se no papel sem perceber muito bem que brincadeira nova era aquela). O VMSE é mesmo MS: quatro bocados de tecido com o mesmo feitio cozidos uns aos outros, com a particularidade de se poder usar do direito e do avesso (sempre tive a mania da roupa que se pode usar dos dois lados).

O nosso gentil e ilustre convidado para o jantar perguntou com a melhor das intenções se eu estava a fazer uma bata. Se for, pelo menos vai ser uma bata incomum, o que já é qualquer coisa.

7 comments » Write a comment

  1. Um dos meus sonhos desde muito tempo é saber costurar. A princípio, era para fazer roupas para as minhas bonecas. Aos 8 anos, ganhei uma máquina de costura para crianças e, com retalhos de tecidos, inventava uns vestidos para as barbies :)

    Acho que quando tiver uma filhinha, também irei querer fazer vestidos para ela. Já sonho em fazer sapatinhos de crochet para o bebê (suspiros).

    Beijos,

  2. vi agora o teu fotlog e o vestido está lindo, a e. parece uma boneca. :)

    Beijinhos

    Magui

  3. :)

    bata ou vestido, a elvira fica sempre bem bonita. agora, eu tinha ideia que o padrão era diferente. este é o que tem os patinhos debruados (que eu até fiquei com um) ou estou a fazer confusão?

    beijinhos grandes

    tiago

  4. oh, Rosa, tudo o que tu fazes é tão lindo. também ando com vontade de arranjar uma máquina de costura, mas receio não conseguir fazer nada de jeito… muitos beijinhos para ti e para a tua menina

  5. Ora! E eu que pensei que você costurasse desde sempre, Rosa! :o)

    E quanto ao vestido MS: eu não o achei tão simples assim. O fato dele ser dupla-face já o torna complicado para minha (ainda) restrita habilidade com costuras.

    Minha única tentativa de fazer um vestido resultou em um monte de peças de tecido que ainda não tive coragem de unir (e o molde era simples!). A simetria ficou a desejar e agora só minha avó consegue dar um jeito! :oD

    Mas sei que um dia chego lá. Já percebo grandes progressos em minhas costuras e isso é uma boa motivação.

    bj!

Leave a Reply

Required fields are marked *.