curtas

retrosaria

Afinal a quase chita que trouxe de Viana chama-se cretone e também se vende em Lisboa, no número 251 da Rua dos Fanqueiros. Pelos vistos estes cretones-quase-chitas são mais grosseiros do que as extintas chitas verdadeiras e são todos produzidos por um único fabricante (que se espera que continue a fazê-los por muitos anos).

Recycled Silk Yarn: No número de Outono da Knitty, uma saca irresistível, tricotada em desperdício têxtil da confecção de saris.

Amy Rue: Outra mãe que faz criaturas de pano depois de pôr os filhotes na cama.

1 comment » Write a comment

  1. Há uns anos atrás, cerca de 6 creio, encontrei na Ericeira uma loja ainda das “antigas” que vendia chitas verdadeiras. Comprei lá uns metros para forrar uma velha arca de verga. Não foi nada barato, mas era mesmo chita! Ficava num largo, bastante concorrido mesmo perto da praia dos pescadores. Ainda existirá a tal loja?

Leave a Reply

Required fields are marked *.