tricotar em público

tricot

A ideia partiu da Hilda. Lá fora há tanta gente que se reune para tricotar em público e em grupo, que edita livros cheios de bons conselhos, que organiza revistas on-line gratuitas com óptimos modelos, que faz gorros com orelhas pontiagudas… e por cá as mais ousadas são as velhinhas dos eléctricos e das salas de espera.

Mas de certeza que não somos só nós que procuramos lãs especiais pela internet, que tricotamos camisolões em pleno verão e que trazemos do alfarrabista livros suecos dos anos oitenta com fotografias de fazer corar até a mais ferrenha das fãs dos Duran Duran.

Aqui é que se vai ver quem quer sair de casa com as agulhas e os novelos.

5 comments » Write a comment

  1. já me inscrevi… mas só depois reparei que dia 13 não posso estar em Lisboa, espero poder estar noutros encontros e aprender pontos novos… Obrigada e Parabéns pela iniciativa… aliás Parabéns SEMPRE, este blog é para mim um mimo, e é tão bom poder dizê-lo, e saber que há tanta gente como eu que vem aqui quase diariamente e que sente a falta…

  2. Rosa, espero que não te importes pela referência às tuas bonecas e ao teu blog no “Todas as cores”.

    Beijinhos e abraços,

    Lia

  3. Mais do que tricotar, ando com vontade de bordar em público.

    Já fiz isso num parque, sentada ao sol, mas nem sempre tenho “coragem”. Hoje mesmo tive vontade de levar meu bordado comigo ao lava-rápido, para ter o quê fazer enquanto esperava… mas acabei levando um livro.

  4. a verdade é que já não passo sem a minha dose diária de ervilhas.weblog.com.pt ; )

    hoje recordei o sotão do colégio onde um grupo de meninas na casa dos 7, 8 anos arriscava ponto cruz em paninhos de tabuleiro e saquinhos para o guardanapo.

  5. epa… eu gostava bastante de ir, já está mais que na altura de recomeçar a minha manta interminável e os habituais cachecois coloridos… mas uma segunda feira não dá :( para a próxima não podem fazer durante o fim de semana ou num feriado?