#151

boneca de pano

Normalmente fotografo as bonecas logo pela manhã, quando a luz entra pela janela virada a nascente. Deito-as na minha cadeira preferida, por cima de um tecido que adoro, feito de mini restinhos de algodão, que aparece em geral nos panos de lavar o chão e em forros de algumas coisas. Quando era pequenina a minha avó fazia-me cobertores para as bonecas neste tecido. Ultimamente a E. resolveu começar a dirigir estas sessões fotográficas: pousa a boneca no pano e no preciso instante em que a máquina faz clic foge com ela para junto da janela. Depois, quando estou pronta para a fotografar à janela com o boneco ao colo, foge para voltar a deitar a boneca na cadeira. Fico com dezenas de fotografias em que aparece um bocado de boneca ou um bocado de menina ou só um pano solitário de onde o modelo fugiu cedo demais…

…não choveu todo o Inverno e agora que temos a feira depois de amanhã é que ameaça chover?

Flower pearl hat: tesouros que saem das mãos da Hilda.

5 comments » Write a comment

  1. Que foto Soberba.

    Que sorriso tão deliciosamente feliz e maroto.

    Lindo, lindo, lindas.

    Sandra Pereira

  2. Nossa, além de fazer bonecas lindas, voce ainda escreve bem! Esse texto está tão bonito, mas tão bonito, que estou aqui relendo e imaginando a cena da E. e da boneca com a luz de Lisboa a entrar pelas janelas de madeira…