outro sonho

Se estivesse desempregada ou se tivesse um emprego das nove às cinco em vez de uma filha em casa e muito trabalho das 8 às duas da manhã, o que eu fazia já era tentar montar uma SCRAP Store. O conceito parece ser originário dos EUA mas sei que estas lojas também existem na Europa, pois a minha irmã é assídua de uma em Bristol. Não era boa ideia haver umas também por cá?

7 comments » Write a comment

  1. Era sim senhora uma boa ideia.

    Uma só inicialmente já era muito bom, o conceito depois iria passando para outras regiões e isso sim seria melhor ainda.

    As coisas não têm que acontecer todas ao mesmo tempo, vão-se compondo e construindo e um “Sonho”, se for um sonho “projectado” torna-se facilmente (mais)possível.

    Os “Se’s” às vezes são impecilhos. Os “Se’s” não tem lugar no que é mais importante “AGORA” para nós.

    Sandra Pereira

  2. Que boa ideia! Eu também tenho sonhos assim, cheios de trabalhos criativos e cheios de mensagens positivas. Se algum dia pensares a sério nisso avisa.

  3. é uma ideia mesmo muito interessante! eu só não guardo mais “scraps” pq n tenho espaço onde os meter… criar arte a partir deste tipo de materiais é muito mais apelativo para mim.

    se houvesse mais gente interessada eu até alinhava :)

    *

  4. perfeito! é a institucionalização do respigo, actividade q me é muito cara desde que vi o filme da agnès varda “os respigadores e a respigadora”. vale bem a pena, o filme e a loja, claro está!