Só consigo pensar no meu Mestre, que soube inesperadamente no Sábado estar gravemente doente. Fui vê-lo hoje, mal pude, cheia de uma infundada e egoísta esperança de o poder ainda ouvir e de que me visse, de poder ainda transmitir-lhe a gratidão que sinto por todas as vezes que me abriu caminhos, por todos os dias em que me telefonou por me saber em baixo para conversarmos um bocadinho, fosse sobre a última ida à cinemateca ou sobre as crónicas das ordens mendicantes, pela vez em que me convenceu na véspera do congresso de que era mesmo capaz de acabar de escrever aquela comunicação, por toda a generosidade que mostrou sempre com quantos o procuraram.

15 comments » Write a comment

  1. apesar de não ter tido a sorte de ele ser meu professor, sei que é verdade o que dizes porque todas as outras pessoas que conheço e que o conhecem dizem o mesmo. e, apesar de só ter trocado com ele umas quantas vezes umas tímidas boas noites, precisamente na cinemateca, estou chocada com o que lhe aconteceu.

  2. Que o teu Mestre recupere depressa e que voltes em breve às conversas com ele….

    beijinhos

  3. Também eu soube na sexta-feira o que se passa com o teu (nosso) Mestre. Fiquei profundamente triste. Um beijinho e força.

    Magui

  4. Espero que o teu Mestre melhore Rosa.

    Talvez se puseres um gatinho a tomar conta ele ele lhe transmita o que todos os teus bonecos transmitem aos donos de todas as idades: vontade de sorrir, carinho, uma ternura especial, vontade de brincar, de correr na relva.

    Energias positivas para ti e para o Mestre.

  5. Espero que o teu Mestre consiga reunir toda a FORÇA que partilhou com outras pessoas à sua volta e consiga assim enfrentar e recuperar o mais depressa possível!

    Força!*