*

na areia

Nada como um fim-de-semana perfeito para nos distanciarmos das coisas que nos consomem todos os dias e podermos rir-nos um bocadinho de nós próprias.


saco de sacos

A E. passou o tempo dentro de água ou a brincar com o Dodo e eu, para além de passar longas horas sem fazer literalmente nada, deliciei-me com iguarias várias e, um ano depois, deitei mãos a mais um saco de sacos. Muito, muito obrigada, querida Hilda e querido Miguel!

6 comments » Write a comment