dia 2

*

…e ela voltou a ficar na escolinha sem chorar. Em menos de dois minutos estava instalada a desenhar (ah, os móveis todos à escala deles, deve ser tão mais confortável) e eu de novo a caminho de casa.


Aproveitei cada minuto para trabalhar e fui buscá-la a seguir ao almoço, que tinha comido todo. Contaram-me que chorou, a certa altura, quando uma das outras crianças lhe tirou um brinquedo, mas na altura em que cheguei estava tão contente que não tinha, outra vez, vontade de vir embora.

Foi de sandálias para a escola, apesar da chuva. Eu estava com um bocadinho de vergonha até ter reparado que a maior parte dos meninos estava, como ela, de sandálias e meias. Naturalmente não foram só os pés da E. que cresceram dois números em três meses… Já resolvi o problema, e da minha maneira preferida: sapatos confortáveis, todo-o-terreno e de óptima qualidade, a metade do preço por serem da colecção do ano passado, numa das minhas lojas preferidas aqui do Bairro.

E mais pegas bem entregues.

12 comments » Write a comment