dia 2

*

…e ela voltou a ficar na escolinha sem chorar. Em menos de dois minutos estava instalada a desenhar (ah, os móveis todos à escala deles, deve ser tão mais confortável) e eu de novo a caminho de casa.


Aproveitei cada minuto para trabalhar e fui buscá-la a seguir ao almoço, que tinha comido todo. Contaram-me que chorou, a certa altura, quando uma das outras crianças lhe tirou um brinquedo, mas na altura em que cheguei estava tão contente que não tinha, outra vez, vontade de vir embora.

Foi de sandálias para a escola, apesar da chuva. Eu estava com um bocadinho de vergonha até ter reparado que a maior parte dos meninos estava, como ela, de sandálias e meias. Naturalmente não foram só os pés da E. que cresceram dois números em três meses… Já resolvi o problema, e da minha maneira preferida: sapatos confortáveis, todo-o-terreno e de óptima qualidade, a metade do preço por serem da colecção do ano passado, numa das minhas lojas preferidas aqui do Bairro.

E mais pegas bem entregues.

12 comments » Write a comment

  1. Imagino que terá dias, o meu menino ia muito contente pero tinha momentos, depois dums dias sem ir ás vezes ponhiase a chorar. Eu creio que o passam realmente bem estando com outros nenos, a tua nena seguro que também. O Nicolás empezará a escola próxima semana, ai, temo.

  2. As crianças integram-se mais facilmente que nós, adultos. Ainda bem que está tudo a correr bem! :)

  3. Sorrio por saber que a E. se está a adaptar bem à escolinha. Por ela e por ti. beijos

  4. Olá. Gosto muito de ver o teu blog, tb tenho 1 lilhota, a lia salomé que vai fazer 3 anos em dezembro mas não quer ir para a escola, teve uma má experiência o ano passado, então não vamos tentar este ano pq ela que se exprime perfeitamente di z mesmo que não quer ir. Estou com ela sempre, salvo quando vai para a casa da avó, às vezes para variar um bocado e para eu puder fazer auelas coisas que ou faço só pela noite dentro ou nem vale a pena começar a faze-las. Estou a tentar criar um blog onde possa dar a conhecer os meus trabalhos tantas vezes deixados para trás pq a lia é a coisa mais importante na minha exist~encia, bem não vou estar já com lamúrias… O único senão é que eu e o computador damo-nos muito mal e eu ainda não percebi como é posso fazer do meu blog uma janela para mostrar e vender as minhas peças. Antes fazia peças decorativas em barro e vidrava, eram todas únicas e atá originais , segundo quem as conheceu e comprou. Agora como a electricidade tá caríssima e o meu tempo é sempre condicionado pela lia, optei por fazer coisas mais pequenas como bonecas articuladas, botões, puxadores, suspensões para os varões das cortinas e mais coisitas pequenas que me vá lembrando. Se pudesses ajudar-me a personalizar o meu blog que está simplesmente miserável dando-me umas dicazitas de onde é que eu devo ir, ficava mesmo feliz. Eu sou a sónia e sou de aveiro, agora, antes vivia na quinta do conde perto de azeitão. Tudo a correr bem em todos os componentes da tua vida é o que te desejo.

  5. É óptimo quando tudo corre dessa maneira. Ficamos tão mais descansadas…

    O que não quer dizer que ela não chore um dia ou outro, principalmente quando começar a ficar mais tempo ou a perceber que ir para a escolinha significa ficar longe da mãe algumas horas.

  6. I just heard about your store and i am SOOO exited for you three!

    it is a wonderful idea.

    xoxox

    t

  7. Bem, ainda me lembro de levar a Tânia, a minha irmã 14 anos mais nova que eu, à escola pela 1ªa vez… ela nunca quis ir para a escolinha e acreditem que lhe fez muita falta. A Tânia é uma miuda agora de 9 anos linda, super carinhosa mas insegura, timida! Acho que fazem muito bem em insistirem para que os vossos filhos entrem para o infantário, e se eles gostarem tanto melhor.

    A E. está lindíssima com esse chapéu e a camisola vermelha.

  8. Que gracinha!

    Aqui não se deixam as crianças diretamente na escola sozinhas nos primeiros dias. Há um período de adaptação onde alguém responsável deve permanecer na escola. Que bom que a E. está gostando e já bem adaptada!

    um beijinho especial para ela