filha coragem

dia 1

Dia 1. Depois de passar dois anos e meio a preparar-me para ele, eu que nunca me senti bem em dia um de coisa nenhuma e que detestei todos os primeiros dias de todas as escolas de que me lembro, não podia estar mais satisfeita e confiante com o primeiro dia da E. no infantário.


Pelo caminho disse-me várias vezes mãe tu não vais embora e eu não soube bem o que lhe responder. Chegados lá gostei mais da escola, da sala, dos brinquedos e (alívio dos alívios) da educadora também. Gostei de ver as toalhas azuis penduradas em filinha por baixo de uma etiqueta com o nome de cada menino, alinhadas com as escovas de dentes e os copos, e gostei das caminhas acabadas de comprar para eles dormirem a sesta.

Primeiro os pais ficaram também e depois foram-se indo embora. A ideia era deixá-la lá o resto da manhã e ir buscá-la antes do almoço. Enquanto estivemos na sala quis vir sempre brincar para junto de nós ou pelo menos ver-nos pelo canto do olho mas, quando desceram para o jardim, disse-nos até já, deu-nos um beijinho e foi. E nós fomos tomar um café os dois (prefiro não contar os meses desde a última vez que o tínhamos feito) e contar o tempo que faltava.

Na volta encontrámo-la sorridente e faladora, de novo na sala:

– Vamos embora, E.?

Agora não posso: estou aqui a brincar um bocadinho.

31 comments » Write a comment

  1. Eu lembro-me do meu primeiro dia no Infantário e que não fiz birra como os outros meninos. A minha mãe diz que me ajudou a ser mais sociável e vejo as melhoras da minha sobrinha desde que o começou a frequentar. De certeza que a E. vai adorar!

  2. Parabens para os pais e a filha. Ando muito tempo a ler o teu blog, obrigada pelas ideias, as imagens e as letras. das-me saudades de coser e saudades de portugal. um abraço

  3. Os meus filhos sempre gostaram do infantário,… tanto que cada vez que me viam chegar diziam: “OOOOhhhhhhhhhhhhh,…….agora não, volta daqui a um bocadinho!!!”

    E faz TÃO bem tomar café…. :)

  4. Boa! Que maravilha! A E. estava muito bem preparada e (parece-me) mesmo a precisar de brincar com amiguinhos da idade dela!!!

    As tuas “bases para copos” chegaram liiiiiiiindas! Pus foto no meu blog. Beijinhos!

  5. olá rosa, fico muito contente por voces!

    lembro-me perfeitamente do meu 1º dia de infantário (tenho uma fotografia desse dia “pregada” no frigorífico!) e apesar da foto estar muito velhinha, percebe-se perfeitamente lágrimas a correr pela cara abaixo!!!!

    estou a “torcer” pela e.!

    beijinhos dos açores.

    silvia santos

  6. Fico muito contente por ti e pela E.

    O meu pequenito vai pela 1ª vez na Segunda. Gostei muito da educadora e funcionárias, não gostei das instalações…É o quarto mas estou ansiosa!

  7. Correu mesmo bem!

    O meu, apesar de ser só uma mudança de escola, e de notarmos que até gosta da escola nova, anda sempre perto da educadora ou de uma auxiliar. Não se importa muito que não fiquemos lá mas sente-se mais seguro junto dos adultos…

  8. Cegonha,

    Que bom…tudo correu bem…Yay! E. … gostei do facto tambem que pudesses tomar um café por um momento. (a quiet pause.) You work very hard!!

    **

    Mary

  9. Acabei de passar por isto com minha filha, que está agora completando seu primeiro mês na escolinha. Relatei a adaptação à escolinha no meu blog. Aqui no Brasil, temos o hábito de ficar na escola, junto com a criança, durante sua primeira semana, é a chamada adaptação.É lindo vê-la crescer e ter seu próprio mundinho.

    Parabéns a vocês duas.

  10. you are feeling good then about E’s school? sounds amazing and such an interesting change for YOUR day. sending hugs, mav

  11. rosa,

    que bom que tudo correu tao bem! o L. passa o fim de semana e a segunda feira a contar os dias em que tem de ir para o Dik Dik, e quando chega a terca… nao ha como evitar… chora sempre. o que conforta e que mal passamos a porta deixamos de o ouvir e na hora de ir buscar nao quer vir embora!

    a tua menina e mesmo um doce!

  12. Olá Rosa

    Ainda não sou mãe, sou pré-mama. Ainda não sei nada de nada, mas já ando à escuta. Obrigada por partilhares comigo, com todos, esses momentos de coração pequenino que os pais têm mas que disfarçam, fazendo-se de fortes. Ainda à espera que nasça e já com projectos, com medos. Desejo que a E seja como eu na escola: muito feliz. Desejo que te sintas como a minha mãe na altura: confiante e orgulhosa! Beijinhos BD

  13. pois também tive a mesma experiência na segunda e acho que nunca nos sentimos aliviadas na totalidade acho que é um processo diário mas custa mais a nós do que a eles, no entanto ficamos ultra felizes ao ouvir o que a E. te disse

  14. ola rosa!o rodrigo tb foi para o infantario na seg e tem a mesma idade da tua filha.

    o 1 dia foi muito bom, o 2 ja chorou,(e continua a chorar sempre que o deixo la demanha)mas quando o vou buscar esta electrico sempre a saltar!boa sorte e felicidades.

  15. Que bom Rosa tudo ter corrido bem. Vai ser bom para a E. e acredita que umas horinhas de “folga” para ti também vão ser importantes.

  16. Bem, tb eu estou a preparar-me esta semana para depois de 15 meses 24/7 com o meu bebecas ter de o levar para o infantário. Espero que ele reaja tão bem como a E., para ver se eu não fico com o coraçãozinho tão apertado. Por razões profissionais, não podia mais tê-lo comigo. Sou tradutora e com ele em casa, era impossível trabalhar. Esperavam-me depois as longas noitadas para compensar, que a partir de dada altura já não aguentava. Como sabia que no próximo ano tinha vaga no infantário, decidi fazer a transição, colocando-o numa ama. Foi boa a opção e a ama tb. Mas ainda me estava a habituar à ideia de ele não estar em casa de manhã, qd me ligam a dizer que tinha havido uma desistência, por isso entraria já em Dez. Fiquei mal-disposta pq queria ainda assimilar a mudança. Mas vai ser pelo melhor e é nisso que tenho pensado, até pq tb concordo que faz falta tomar café!!!

    Um abraço e obrigada pelo testemunho. Ajuda saber que há quem sinta o mesmo e tenha as mesmas incertezas.

    Ana Paula Miraldo