mais e mais pegas

pegas

Pelo menos enquanto os restinhos não chegarem ao fim parece que não vou conseguir parar de fazer pegas. As primeiras rumam segunda-feira a novas cozinhas.


pegas

pegas de cozinha

Ontem, depois de quase dois anos de muito trabalho, a minha fiel máquina de costura recusou-se a coser como normalmente. A seguir a reler de uma ponta à outra o manual de instruções resolvi abri-la para lhe conhecer finalmente as entranhas e tentar perceber o que se passava: um monte de cotão maior do que pensei possível e literalmente todos os parafusos a dançar. A E. adorou o momento (consertar é, desde as obras, o seu verbo preferido) e de chave de parafusos na mão reproduziu na máquina de brincar tudo o que fiz à minha. Sucesso!

16 comments » Write a comment

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.