almofada

A autora das almofadas chamava-se Fátima Vaz (1946-1992). Sobre ela encontrei apenas uma referência (muito fraquinha) através do Google, mas consultei directamente os folhetos de algumas das muitas exposições de pintura que fez, entre 1969 e 1990, e por eles fiquei a saber que juntamente com Helena Lapas, se dedicou com sucesso ao “patchwork” (Rui Mário Gonçalves) e que aos informais objectos de pano que fazia [que em muito me lembraram os da Anne Harmsen], Fátima Vaz chamou “macacos do nariz” (Idem).

É bom de ver que não era uma artesã, por muito patchwork que fizesse. A questão do que é ou deixa de ser artesanato continua a interessar-me. Further reading: PPART, Crafts Council e l’Artisanat.

4 comments » Write a comment

  1. Óptimo post.

    O tema do último parágrafo também é mote que vagueia volta e meia nos meus pensamentos.

    Sandra

  2. =) ainda bem que alguém se interessa por definir o que é ou não artesanato…

    gostei muito da entrevista da ‘Alice’, comprei, como habitual, este fim de semana e hoje tive uma agradável surpresa!

  3. Que maravilhosa. Eu pensei que era Helena Lapas, que conheco melhor. Tenho tambem a sorte de ter umas pecas delas. I’ve just started making patchwork quilts, which I attribute to a few summer holidays (mid 70’s) in Ericeira where Helena lived above a cloth shop and I would love to watch her choosing cloth, cutting it up and creating masterpieces. On my last visit to Lisbon (Oct) I told her about your blog, and shop because of what I see as the connection of love of crafts-come-art and cloth. She currently teaches at Chapito, please visit her and tell her of Fatima’s cushions.I will mail her this post.

    ps. I loved your shop. Ana ventura was holding the fort and it was lovely to meet her in person. Keep up the good work.

  4. Como é que conseguiste saber o nome da artista?

    Gostei muito da entrevista na Alice, as fotografias estão lindas…

Leave a Reply

Required fields are marked *.