tesouro de retalhos

saco

Há uns dias trouxe este tesouro de uma loja de que gosto muito e onde há já meses que não passava (a Cavalo de Pau* que vende artesanato propriamente dito de várias partes do mundo, incluindo Portugal). É um saco feito de retalhos de pano, coçado e esburacado, trazido de Estremoz. Todo, todo cosido à mão. Conta-me histórias…

Outros retalhos (em papel) a que não resisti e que chegaram hoje: A Caravan Of Quilts e Passionate Patchwork.

E mais:

Briar Press: o regresso da tipografia (via Be a Design Group).

…e a sereia da Mimi.


retalhos

retalhos

*Cavalo de Pau (decoração e artesanato)

Rua de São Bento, 164

Lisboa

8 comments » Write a comment

  1. O Livro “A Caravan of Quilts” é fantástico!!

    Eu tenho um exemplar, e sou realmente uma apaixonada confessa do quilt – é viciante!!!!

    Bons quilts :)

  2. Lembro-me muito vagamente dos longos dias passados na cama a curar febres infantis, e de observar um a um as dezenas de retalhos diferentes da manta que me tapava. Hoje têm uma familiaridade estranha, adquirida por processos que não são os do meu olhar actual. Continuam a ser uma paisagem misteriosa.

  3. Estas preciosidades são fantásticas e é muito bom saber que não estão perdidas!!! Na aldeia onde a minha Mãe nasceu – Bagueixe/Macedo de Cavaleiros – também se faziam estas sacas e mantinhas com a mesma técnica. Lá eram umas Tias-avós modistas que as faziam para aproveitar as sobras dos tecidos das roupas que costuravam. Tanto que o meu lanche foi sempre numa saquinha destas!!! Ainda a tenho e será para a Inês levar o lanchinho dela!!!

  4. Que saco tão lindo, adoro patchwork e admiro quem o faça todo à mão, e Estremoz que saudades, a terra da minha mãe e avós.LINDA!!

  5. such a treasure- passed along fabrics! Sometimes they become too precious though (for me) and I can’t bring myself to use them :-)

Leave a Reply

Required fields are marked *.