two for tea

ana e rosa

Já não é como há uns anos, tão poucos, em que ter chegado a alguém através da internet provocava pelo menos um bocadinho de estranheza. A Ana conheci-a neste dia, por causa da internet e do tricot, e por causa de um crachá que ela quis em verde. Agora trocamos inconfidências, casacos assimétricos demasiado curtos, brilhozinhonosolhos e lanches sempre que podemos. Como é que se escreve Réveillon?

Escroque: gosto cada vez mais do que desenha e escreve o José Feitor.

3 comments » Write a comment

  1. Escreve-se com muita música, muito espumante, bons amigos para acompanhar e muita alegria!

    :);)