#527

527

Muito obrigada por todos os comentários e emails acerca dos últimos posts. Sobre a ida à televisão, optei mais uma vez por não ir, apesar dos bons pros como os que a Marta salientou. Para além de não me identificar muito com este tipo de programas há a questão da escala. Faço minhas as palavras da Hilda sobre o assunto: …nem me parece que no meu caso, se justifique tanta exposição e tanta audiência para as poucas peças únicas que faço. Conclusão, a ser muito conhecida por muitos, prefiro que o meu trabalho seja reconhecido por alguns. Não é por snobismo, mas sobretudo por timidez. A relação que tenho com as entrevistas escritas, no entanto, é completamente diferente. Quase todas as que dei até hoje (tenho de actualizar os arquivos) foram extremamente descontraídas e agradáveis (tirando, claro, a parte das fotografias), mesmo quando não conhecia como leitora as publicações em causa. Entrevista a sério foi a do António Lobo Antunes ontem no segundo canal.

♥: bolas de trapo saloias, pinguins num diner e bonecos japoneses (via Débora).

8 comments » Write a comment

  1. Compreendo perfeitamente a tua posição. A RTP 2, no entanto, vai ter agora um programa apresentado pela Fernanda de Freitas que pretende ser um ponto de denuncia de casos como o que apresentaste da Srª velhinha. Por aí talvez não fosse tão “estriónico”

    A entrevista ontem com o lobo antunes podia ter sido muito melhor se a Ana não tivesse ficado tão entalada…

  2. Sim! Entrevista a sério foi a de ontem do Lobo Antunes…

    Lá está: a cultura da estupidificação que insistimos em perpetura e a passividade de que vê televisão, só por ver, sem lhe ser pedida qualquer intervenção/crítica/ginástica mental…

    Também acho que as entrevistas escritas mais interessantes e estimulantes, e no teu caso estás de parabéns em todas!

    (Pelo menos nas que eu li!):-)

    (E não acho que fazer boicote à televisão é snobismo, muito pelo contrário…)

    Um Abraço,

  3. posso concordar com opção de não ir à tv , mas acho que é sempre um opção própria , que acima de tudo devemos estar bem com tudo o que fazemos ou não fazemos … devemos ser nós próprios .

  4. Até estou com vergonha pelo meu atrevimento… Uma iniciada perante uma veterana!… Mas gostava de mostrar as pecinhas que ando a fazer. E já agora, de algum comentário, por favor.

  5. O que é que teve a entrevista de especial? Foi entusiasmada? Fervilhante? Coerente? Um nome de peso não fala por si. Adoro o Por Outro Lado e a simplicidade do António Lobo Antunes, mas a entrevista de ontem foi entediante, cronometrada, evasiva e como ele mesmo disse ‘artificial’.

  6. Eu tenho uma dessas bolas saloias feita pelas senhora de Póvoa e Meadas (mesmo colada a Castelo de Vide) e também uma argola para levar os cântaros à cabeça. Foi uma prenda de uma grande amiga. Adoro-as!

    Ah, e a E. está cada vez mais bonita ;)

Leave a Reply

Required fields are marked *.