visto de fora

União de estamparias

Desde que comprei a primeira máquina fotográfica digital que são raros os posts ilustrados com imagens alheias, mas às vezes sabe bem quebrar a rotina: as duas imagens deste post vieram do flickr e são pormenores desta e desta. A sua autora é uma rapariga inglesa chamada Alix McAlister, que já viveu em Portugal e com quem tenho encontrado coincidências. Gostamos as duas de tecidos antigos e das suas etiquetas: ela tem uma colecção fantástica (eu tenho só esta e esta). Aprendemos a gostar de patchwork com duas mestras que trabalharam juntas nos anos 70: eu com o trabalho de Fátima Vaz e ela com o de Helena Lapas. Ambas somos mães, ambas fazemos bonecos de pano, partilhamos curiosidades. Às vezes é bom o mundo ser pequeno. Obrigada, Alix.


malhas jobasil

11 comments » Write a comment

  1. que etiquetas lindas. e deslumbrei-me com os tecidos e artesanato (?) portugueses da alix.

    qualquer dia, inspirada, faço uma busca mais afincada pelo interior do (meu) algarve.

  2. Ó Rosa querida não seja por isso! Vou abrir a pestana e ver se encontro etiquetas antigas para ti! :)

    Beijocas

  3. Oh my goodness, Caramba! I feel like I’ve been given a huge hug over the internet, if such a thing is possible. E é possível. Obrigada ;-x

  4. Querida Rosa, por vezes seus posts não fazem sentido. Não vem mal ao mundo em divulgar coisas alheias, desde que belas, o Homem não é uma ilha, e devemos olhar para além de nosso umbigo.

    Seria preferível ver um post bonitinho do que algo sobre suas filhas ou sua vida, pois sua vida não é glamorosa o suficiente para ser vista de fora. Lamento, mas não é bacana o suficiente.

  5. Mais uma bela descoberta!

    Congratulations Alix!

    Trabalhos lindos e belíssimas etiquetas :)

    É pena já não se encontrarem desses tecidos portugueses com facilidade…

    (e que raio de comentário é este aqui em cima?!…)

  6. Muito interessante, Rosa.

    Por vezes não ligamos a estas pequenas coisas e quando nos chamam a atenção para elas encontramos coisas lindissimas.

  7. Que mundo pequeno! Um dia ha meses atras estive a passear num mercado perto do meu escritorio (spitalfield markets London) e um “stand” interessou-me. Fui ver e era uma rapariga inglesa que tinha varias roupas portuguesas, patchwork e bonecos. Comecamos a falar e chamava-se Alix McAlister! O mais engracado foi que eu mencionei as suas bonecas e o facto de ter tantos coisas em comum. Ela tambem tinha mencionado a Helena Lapa como a fonte do seu interesse nesta area! O mundo e realmente pequeno. Adoro!

Comentar