assim ou nem por isso

tecidos

tecidos

Não tenho nehum quilt pronto para acolchoar e, apesar do calor, faz-me falta. Aquele exercício dos pontos muito pequenos e certinhos uns a seguir aos outros quando, à noite, elas já dormem e o cheiro dos bolos de arroz da fábrica vizinha começa a entrar pela janela juntamente com a brisa fresca da noite, relaxa-me e organiza-me. Já escolhi cores e já as pus de lado, já fiz uma tentativa que, por se ter complicado demais, vai ser desmembrada para almofadas e já escolhi mais tecidos mas ainda tenho dúvidas. Combinar cores e padrões faz-me perder a noção do tempo. Gostava de ler um livro que enumerasse as regras daquilo que aprendi a fazer só por instinto (porque é que estes tecidos ficam bem um ao lado do outro e aquele que é quase quase igual já não fica?).


Ultimamente têm-me chamado a atenção sobretudo as possibilidades com tecidos sem padrões, mas acho que ainda não estou preparada para esse exercício:

Fotografias de mimulus7, BisyBackson, ryoryozo, mister wombat, designsponge.

Outros links:

Passage quilts: adoro o conceito e as concretizações ().

Pipoca: patchwork de papel.

De ponto em nó: blog português sobre quilting.

Fabricmatcher: para perder horas (e euros).

18 comments » Write a comment

  1. Bem…queria tanto saber onde comprar tecidos assim. Normalmente vou a Lisboa…mas não há nada assim de tão especial. É que com padrões assim nuncaaa vi!Incrivel.

    Beijinhos*

  2. obrigada pelos links! visitei o projecto ‘the passage quilts’ e realmete fabuloso, vale a pena ver as fotos das workshops e a tecnica ‘livre’ com resultados tao bonitos.

    eu sou pessima a conjugar cores, o que se ve na escolha de roupas e cores para a casa, tudo sempre no mesmo tom. acho que nao ha regras e nada como o instinto. agora o link e realmente de perder a cabeca!

  3. I wish I had a bakery and its smells to accompany my sewing. I use bbc radio 4, but too much and realise that silence is often better. The mystery of colour and pattern combinations is the joy of quilting? and letting accidents happen. You and Yarnstorm have your hearts in the same place today. lovely post x

  4. E misturar tecidos de padrões com tecidos lisos? Não sou entendida em quilts mas se fizesse um misturava-os, acho que os retalhos se iriam destacar mais uns dos outros (se calhar estou errada não é esse o conceito do quilt…).

  5. Olá Rosa,

    a propósito dos tecidos, e como também uso o quilting como “método de relaxamento”, decidi começar a fazer umas rondas pelas fábricas cá da minha zona, de maneira que tenho começado a encontrar tecidos lindíssimos e de produção nacional. Aquilo que me agrada mais é entrar no armazém,repleto de milhares de tecidos, e escolhê-los um a um de pilhas gigantes.

    Neste momento ainda são poucos, mas em breve começarei a ter mais tecidos destes disponíveis aqui.

  6. Do craft ao social shopping: alternativas de produção e de consumo pelos blogues

    Enquanto ferramenta de comunicação, o blogue serve outras finalidades além da editorial. Um exemplo são…

  7. I think you have inside textile connections :D

    Just gorgeous…(is that linen)…the sampler type?

    Mary

  8. Já vi que o Pipoca anda as voltas por cá… :)

    Se acrescentares a tua linda gama de tecidos, tecidos lisos em castanho, amarelo, verde escuro, vermelho escuro, cru… vais ver que resulta lindamente.

    Beijos

  9. Perdoe-me Rosa aquilo que lhe vou “dizer” mas Deus queira que jamais escrevam um livro com “receitas” ou regras daquelas que falou, porque aquilo que mais me fascina no seu trabalho é a sua originalidade e a audácia nas escolhas dos materiais e na “vida” que lhes dá.

    Rosa, mais do que uma artesã, é uma artista. Deixe esse seu instinto prevalecer por favor!

    Um beijinho e um bom feriado.

  10. Oh and please don´t dismember your Gee´s inspiration….go for it really Rosa…you will find a way to make it work!~

    Mary

  11. Sei o que isso é. Muitas vezes o que foi escolhido minuciosamente acaba por não resultar como gostariamos e o que foi feito por instinto tem alma. Vá-se lá saber porquê! Obrigada pelo meu e pelos outros links. Fabuloso o passage quilts. Por fim, concordo inteiramente com a Mary.

  12. Unfortunately I cannot read Portugese, but I like the way you used my photo’s, thank you for linking.

Leave a Reply

Required fields are marked *.