a mexer

a mexer

Se no início pensei que muito galão do capuchinho vermelho fosse ficar a ganhar pó cá em casa, agora já estou a fazer contas aos metros que quero guardar para mim, antes que voem todos. À lista de destinos já se juntaram Noruega, Finlândia, Canadá e Austrália. Tem sido usado de muitas maneiras e da cabeça aos pés, passando pelo peito e pela cintura. Possibilidades não faltam.

10 comments » Write a comment

  1. Deve ser maravilhoso e verdadeiramente compensador ver como as pessoas aplicam algo que é tua criação!

    parabéns, és um fonte de inspiração! :)

    margarida

  2. Venho com muita frequência a este blog e acho-o adorável. Além disso, fez resnascer uma paixão adormecida (tricot, costura, etc) muito frequente durante a minha infância e adolescência.

    Muitos parabéns

    Um abraço

  3. Decididamente és inspiração em pessoa e para muitas pessoas… E agora que esse galão está a acabar, uma próxima história? 3 bjos gordos

  4. Amei a foto #680 do Flickr.

    Olhei e vi a E. vestida com uma saia-boneco para os dias frescos que vão surgindo, cujas orelhas seriam as alças…

Leave a Reply

Required fields are marked *.