poder

Se tivesse de escolher o meu site preferido diria sem grandes hesitações que é o Flickr. Quando me distraio perco-me lá, a conhecer o mundo pelos olhos dos outros, a partilhar emoções de amigos longínquos e, sobretudo, a ver. Caras, corações e colecções, recantos e campos, amores, umbigos e contentores do lixo. Ontem vi que esta enorme comunidade ganhou um membro de peso: nada mais nada menos do que a Biblioteca do Congresso dos EUA, que contribuiu com mais de 3000 imagens históricas de uso absolutamente livre. Em troca, os utilizadores do site são convidados a ajudar à catalogação das mesmas contribuindo com tags (palavras-chave) que, no seu entender, ajudem a descrevê-las. O exemplo podia e devia ser mostrado a arquivos e coleccionadores de imagens portugueses, que parecem estar dez anos atrasados na matéria. Como diz o site, this is for the good of humanity, dude!!

8 comments » Write a comment

  1. O Flickr pode mesmo tornar-se num vício… mas um vício bom, como ler, tricotar e devorar chocolate. Tive conhecimento da sua existência aqui mesmo, no teu site, como não podia deixar de ser!

  2. O Flickr é como a web em si – é um mundo multifacetado de tesouros.. tb me perco lá muitas vezes.. por isso compreendo-te bem..

    beijocas

  3. genial e fabuloso.

    perfeito para viciadas em colecções de imagens…

    tem fotografias geniais do trabalho feito pelas mulheres durante a segunda guerra. (e a cores!)

Comentar