domingo

º^º

ºO0ºoºº

Sem a minha gente nem soube bem a Páscoa.

Faz hoje uma semana, conheci um rol de parentes. Todos Cortesão, todos descendentes de um meu tetravô de quem não tenho histórias para contar. Fora as dos talvez vinte que sempre me foram próximos eram poucas as caras familiares. Ganhei uma prima, homónima, heterónima, linda.

5 comments » Write a comment

  1. Bom, peço desculpas, mas vou-me repetir … Estas, aliás tuas, fotos são sempre uma maravilha : humor, doçura, beleza, poesia (muita) … Que bom, que bom cá vir !!! Parabens e obrigada por isso tudo ! Feliz Páscoa …

  2. Saudações,

    Encontrei por acaso(nada nesta vida o será?) o seu blog ao pesquisar sobre a Páscoa, doces e coelhinhos… encontrei a ervilhacorderosa e fiquei muito impressionada pela sua qualidade, onde mistura de forma subtil a arte, a ternura e a paixão pelo que faz.

    Parabéns pela sensibilidade e pelas lindas imagens que apresenta.

    Recomendarei às pessoas amigas.

    Abraço fraterno

    Isabel

  3. Olá Rosa,

    O Jaime Cortesão que aparece na foto é o hsitoriador? Tive uma colega de História na Faculdade de Letras, de quem gostava muito, mas que perdi o contacto – Luísa Cortesão – sei que era neta do Jaime Cortesão. Conheces? É da tua família? Rapariga alta de grandes olhos claros (azuis ou verdes, não me lembro). Adoraria reencontrá-la.

    Se me permites, o Armando Cortesão era uma lasca!

Comentar