9 comments » Write a comment

  1. Admiro profundamente seu trabalho e acompanho seu blog há muito tempo.

    Escrevo para comentar sobre o ladrilho, ou mosaico como vcs dizem em Portugal, hidraulico, uma das minhas grandes paixoes.

    Fico profundamente entristecida ao saber que em Portugal nao se valoriza esta arte já em extinçao.

    Aqui no Brasil, também é possível ver pisos belíssimos serem trocados por outros revestimentos de beleza e qualidade duvidosa (além de produzidos em série), mas, por outro lado, vislumbra-se um resgate do uso do ladrilho (mosaico) nas mais diversas construçoes. Sou uma apaixonada de longa data e quando construí minha casa (há dois anos), fiz questao de revestir alguns ambientes (e até a lareira) com ladrilhos hidrualicos, feitos manualmente em uma fábrica centenária em Minas Gerais. Para minha feliz surpresa nao foi preciso buscar em demolicoes, porque ainda existem vários excelentes artesaos que ainda sao mestres nesta arte e é possível escolher entre milhares de padronagens e cores. E mais, comparado ao preco das pedras e de alguns outros revestimentos insdustrializados, os ladrilhos hidráulicos sao uma opçao bem acessível.

    quando recebo os amigos é sempre uma delícia ve-los recordar a infância cada vez que pisam em meus amados ladrilhos.

    Nao sei o nome, mas sei que existe no Brasil um museu especializado em ladrilhos hidraulicos e que fez a publicaçao de um belo catálogo de estampas.

    um abraço

    Luciane

  2. Olá Rosa,

    Cheguei ao teu blog porque andava à procura de lãs para o meu próximo projecto de tricot. Vi o teu nome e a primeira coisa que me veio à cabeça foram “Trufas de Chocolate”.

    Parece estranho mas tudo tem uma explicação. Andei contigo na escola (O Formigueiro) e convidaste-me por várias vezes para ir a tua festa de anos. A tua mãe fazia umas excelentes trufas de chocolate.

    Tens duas filhas lindas que aliás são iguais a ti!

    Eu vivo em Inglaterra e tenho uma filha. Sou consultora de ambiente mas de momento dedico-me em exclusivo ao meu “bundle of joy” como lhe chama o pai. Estou em Lisboa de férias! Quando voltar terei de regressar ao trabalho.

    Tenho tanta coisa para dizer mas o tempo é curto – aproveitei 5 minutos para ir à internet porque ela está a dormir. Terá de ficar para a próxima.

    Mas não posso de deixar de mencionar o assunto que troce até ti – o tricot. Nunca fui muito dada as estas (ou outras) artes mas quando engravidei senti necessidade de fazer qualquer coisa para o meu bebé. Quando andava à procura encontrei este livro fantástico que me ensinou a tricotar. Chama-se Baby knits for beginners da Debbie Bliss. É um livro muito interessante porque cada projecto ensina uma nova técnica. Começa com o cachecol – claro! – para se aprender os pontos mais simples, depois passa para o cobertor de patch work para aprender-mos a cozer, etc. É um livro que recomendo vivamente para aqueles que quiserem começar e não tiverem ninguém que os ensine. Eu cá já vou nas almofadas para aprender a fazer casas de botão e novos pontos.

    Bom por agora é tudo.

    Boas férias e muitas trufas de chocolate.

    Beijinhos

    Susana

  3. Não resisti a deixar um comentário..

    Adorei a foto. Linda.

    Mesmo uma fotografia desfocada tem o seu saber :)

  4. Boas Férias!

    Só para te dizer que estará, em Portel, uma exposição de vestidos de chita, durante esta semana.

Leave a Reply

Required fields are marked *.