babywearing

new baby slings

Mesmo quando a semana começa enguiçada, há coisas que me põem facilmente bem disposta: uma delas é uma pilha de slings novos a fazer-me sentir que apesar de agora haver alguém a fazê-los quase em cada esquina, passe a absoluta falta de modéstia os meus continuam a ser os mais bem feitos e os mais bonitos. Outra é vê-los a uso, claro, e por isso fiz uma pequena colecção de imagens que já andava a planear há algum tempo: quatro bebés a crescer dentro dos respectivos slings. Obrigada às respectivas mães (Maria, Susana, Adriana e Catarina) pela partilha. Muitos mais aqui.


maria

susana

adriana

catarina

17 comments » Write a comment

  1. muito bem slingado desde os 7 dias de vida, ainda bem que me cruzei com o momento em que os começaste a fazer! foi na hora H :) obrigada!

    quando cabia “enroscadinho” acho que sentia esse espaço como um “voltar a casa” era o seu “genius locci”

    ah e o carrinho para o que me serve? mmm para as sestas de duas horas que ainda faz e não estamos por casa. ainda não sabemos muito bem prescindir dessa cama portátil em algumas ocasiões…

  2. …ainda sobre o post anterior:

    Partilho também o pensamento positivo que imprime sempre um toque de coragem a quem vive com os pés bem assentes na terra. E cada instante que passa, bem vivido, torna afinal o longe mais perto. Obrigada pelo post!

    Quantos aos slings, é incrível, mas só os descobri muito recentemente (ter-me-iam dado jeito em muitas situações…)

  3. A semana começou muito bem!!! É tão bom haver um blog que nos apaixona, oferece tanta diversidade e nos leva a participar tão fervorosamente! Espera-se para breve outro tema “polémico”. Obrigada por nos abanar, nos fazer pensar e manifestar. Precisamos de fazer o mesmo (com urgencia) acerca de outros temas mais pertinentes até.

    Ai que pena não ter andado com os meus bebés assim aninhadinhos…

  4. Fico sempre encantada com os teus trabalhos, lindos e perfeitos.

    Faço muitas coisas, mas costurar é coisa que nunca tive jeito, infelizmente, e tenho uma mãe costureira.

    Parabéns pelo teu trabalho( e pelas filhas lindas),sempre que posso venho cá espreitar.

    beijinhos e boa semana

  5. São sem dúvida os slings mais bonitos e os originais!

    Quando tiver um filho não vou prescindir de ter um sling seu!

    Nas fotografias vê-se bem que o sling acompanha perfeitamente a evolução dos bebés.

  6. É que são mesmo os mais bem feitos e os mais bonitos (e originais).

    Tenho pena que a minha filha já não tenha tamanho para ser “slingada”.

  7. ui, e paraa lém de haver slings a cada esquina, algumas pessoas que os fazem nem tem a mínima noção de como se usam, o que é muito mau, se pensarmos que estamos a lidar com a saúde dos nossos bebés, com coisas como escoliose, má circulação, etc…. os teus são os meus eleitos tambem…. :)

  8. Gosto da tua franqueza sobre o produto que idealizas e confeccionas. E quem me derá ainda hoje ter um bébé de colo para poder transporta-lo assim. Há 10 anos atrás, grávida então da mais velha, fiz uma longa viagem pelo Laos. Foi a primeira vez que via um sling. Talvez por estar grávida comecei a ver o que dantes não via. Infelizmente não consegui compra-lo là e quando ela nasceu passei a usar o baby-björn.

  9. Olá Rosa, não tem nada a ver com este posts.

    Mas hoje ao passear-me na Oilily (de Amesterdão) encontrei uns bonecos que julguei que seriam teus.

    Como boa Lusa enchi-me de orgulho. Quando peguei neles e não lhes encontrei a tua etiqueta, achei que poderiam ser uma cópia “inspirada” nos teus. Mas o mais grave é que os tecidos têm o mesmo boneco espalhado(na roupa de bébé).

    Na dúvida de ser um trabalho teu ou não, achei que seria importante alertar-te!

    Não é uma empresa qualquer.

    Podes ver no site deles.

    http://www.oilily.nl/nl/oilily_collection.php?id=10&sid=38&ssid=46

    desculpa nao ser por email, mas não consegui ligar-me e antes que me esquece-se…

  10. olá Rosa,

    hoje recebi um presente que me lembrei de ti. que opinião tens sobre os coeiros? nunca fizeste nenhum? imagina feito naqueles tecidos fantásticos africanos!! tens algum texto que fale sobre eles?

    ver sobre em

    http://redondaquadrada.blogspot.com/

    beijinhos

    sofia

  11. Olá Rosa!

    A propósito de uma questão de uma amiga: Sabes da existência de porta-bebés para gémeos?

    A mim não me parece muito práctico nem cómodo para a mãe… mas nunca se sabe!

    Obrigado!

    Abraço, Joana

  12. Ola.Sou uma gravida recente, portadora de uma ervilhinha ainda sem cor definida (tem apenas 2 meses).Soube da existencia dis slings e gostava de saber como posso escolher e adquiri-los a tempo:-)

    Obrigado e Parabens pelo trabalho magnifico.

  13. Se aquando da encomenda disse logo o quanto gostava destes slings, agora que aqui volto (para reavivar a memória das instruções) e calhou a encontrar este post não posso deixar de comentar: não só concordo que são mesmo os mais bonitos – pois fartei-me de ver outros antes de escolher (os primeiros que tinha visto!) -, como são já conhecidos e reconhecidos até por quem (ainda) não os usa, tenho-me apercebido.

    foto em http://mirandaeeu.blogspot.com/2009/05/amor-nos-tempos-de-colica.html

Comentar