23 comments » Write a comment

  1. quanto mais artigos de imprensa sobre o assunto mais pressão terá a marca oilily em resolver esta situação para poder depois guardar uma imagem positiva ! é uma boa notícia esta publicação de sensibilização. ficamos a aguardar da parte da oilily ! entretanto o boicote continua !

  2. Cara Rosa:

    Cheguei ao seu blog há poucos dias, nem sei bem como. Fascinada que sou pela cor, e por trabalhos como aqueles que executa (compradora da revista Marie Claire idées há anos!), embora nunca me tenha levado demasiado a sério nesta área para deitar mãos à obra, o certo é que fiquei fã deste seu cantinho, que passou a fazer parte da minha lista de blogs a seguir. Quanto ao assunto Oilily, fica a minha manifestação de indignação e mais um apoio à sua causa.

    Entretanto, vou espreitando por aqui, e deleitando os olhos por estas cores e formas, com que tanto me identifico.

  3. Rosa,

    sigo o teu blog há muito tempo, fascinada não só com teu trabalho artistico como pela arte com que crias as tuas duas filhotas. Fiquei indignada com o plágio da Oilily e por isso registro aqui minhas palavras de apoio. Fico impressionada que uma empresa desse porte nnao tenha respeito pela propriedade intelectual de uma artista cujos trabalhos são há muito conhecidos. No teu lugar, eu acho mesmo que contrataria um advogado para abrir um processo contra eles. Boa sorte, e que isso se resolva da melhor maneira.

  4. Quanto mais publicidade houver deste assunto melhor. É por às vezes as coisas nao serem faladas, que as grandes empresas se safam à custa dos mais pequenos. Fica uma palavra de apoio porque o que eles estao a fazer é um ultraje e uma falta de respeito imensa para com o seu trabalho.

  5. Minha querida não conhecia este blog nem estes trabalhos e adorei!

    Tenho muita pena do que se está a passar… é realmente revoltante… mas ainda bem que se está tornar conhecida a história… eu darei a minha pequena contribuição publicando o assunto no meu blog!

    * beijocas e boa sorte!

  6. Rosa,

    Vi agora a reportagem e esta fotografia da alemanha, é impressionante como copiaram as tuas bonecas. Não é justo, é mesmo indecente, nem tenho palavras! Estarei aqui atenta para ajudar no que for preciso. Um beijo com amizade, Margarida

  7. Bom dia,

    Sigo este blog há uns anos e fiquei completamente chocada com a noticia!!!

    Pela parte que me toca, conto divulgar a quem puder.

    Força, Rosa. Desejo de que justiça seja feita!

  8. Olá Rosa,

    Não tenho tido tempo para escrever, mas gostava de dizer que também estou do teu lado e fiquei chocada com o que aconteceu! O pior é que isto deve acontecer mais vezes do que nós imaginamos. Ainda bem que MUITA gente conhece o teu trabalho e que o assunto já começou a ter alguma visibilidade. Espero que tudo se resolva da melhor maneira e que a Oilily aprenda uma lição! Já enviei para lá um email.

    Adorei as novidades da Retrosaria!

    Gostava muito de tentar o quilt, em conjunto com o patchwork, mas vou ter que esperar pela baeta de algodão e, talvez, um livro sobre o assunto… O pior é que tenho a máquina de costura avariada, é uma Elna antiga e não sei onde a arranjar!

    Um abraço,

    E força!

    :-)

  9. Olá Rosa,

    Pouco a pouco eles vão sabendo de que raça são os Portugueses!!! Havemos de sair vencedores, eu cá, não tenho dúvida disso!

    Um beijinho

  10. Rosa,

    já te escrevi antes, mas parece q ainda faltou muito q desejava te dizer. Essa luta contra o plágio da Oilily vai além de assuntos financeiros e direitos autorais.

    Toca fundo pela falta de respeito à concepção de uma idéia original sua, por todo o processo criativo, pelas suas vivências, seladas em cada pedacinho das bonecas, pela sua trajetória.

    É uma tremenda falta de consciência de uma empresa q faz roupinhas prá bebês e crianças! Uma ganância feia por trás dos produtos tão coloridas e alegres. Essa canalhice chegar aos pequenos é um absurdo.

    Sua causa vai tb por sublinhas, por mais histórias além de vc e a Oilily, passa por nós, q acreditamos em beleza, em virtude pessoal e valores éticos.

    O mundo q vc mostra através da sua “Ervilha cor de rosa” vem a mim como o lúdico prazer diário de aprender sobre coisas, inventar, interagir. Copiar é vazio.

    Essa batalha, fora das esferas corporativas, já é vitória sua, por nos mobilizar contra a atitude errada da grande Oilily.

    Sorte no processo contra eles!

    E vou continuar a enviar mensagens de protesto!

    Bj enorme

    Alessandra

  11. Como ex trabalhadora de registo de propriedade industrial (que trata o registo de marcas, patentes e design) faz-me um bocado de confusão ler coisas como esta :”Questionada pelo DN se a sua marca está registada, logo, protegida…”.

    A marca nada tem a ver com os bonecos em si, é apenas o nome e nada mais. Não protege o design dos bonecos, o que é um outro tipo de registo…

    Sinceramente, penso que a Oilly saiba bem disto, porque as multinacionais sabem quase tudo o que trata de propriedade industrial e sabem bem no que podem ser processadas e não.

    É triste mas é verdade.

  12. Olá

    É na verdade uma vergonha copiar o trabalho e a criatividade dos outros.

    Acredito que a Rosa vá ganhar esta guerra,aliás essa empresa já está a falir não é verdade!? Cada um colhe o que semeia!

    Passei por aqui para deixar um abraço solidário e de força!

  13. Ola Rosa, Cheguei aqui atraves de um outro blog que falava do caso. Como verificar, ja enviei tambem um email para a Olily. Não custa tentar, não é?

    Boa sorte nesta luta!

    Beijinho

    CA

  14. Acrescentando…

    … Entrei em boycott la pelos meus lados, e coloquei o link para o seu post que explica o caso.

    Melhores continuações!

    CA

Leave a Reply

Required fields are marked *.


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>