pelo museu de arte popular, bordar, bordar!

pelo museu de arte popular, bordar, bordar

Bordadeiras, por J. Soeiro.

Finalmente, algumas imagens do dia de ontem. Como estive sempre de agulha na mão sobrou pouco tempo para fotografar, mas outros se encarregaram do registo.

A jornada de luta começou cedo, no atelier da Joana Vasconcelos, a desenhar os motivos e quadra no lenço gigante. Seguimos ao meio-dia para o Museu e começámos logo a trabalhar, primeiro a poucas mãos mas desde o início com a atenção dos turistas, a quem fomos contando o porquê do protesto. Alguns deles bordaram connosco e todos lamentaram encontrar o museu fechado. Aos poucos foram chegando amigos e desconhecidos, muitas figuras públicas e até bordadeiras chamadas pelas notícias nos jornais. À hora do almoço já não havia espaço em redor do lenço para todos os que queriam ajudar, e assim foi até às sete horas, quando o lenço foi finalmente pendurado na porta do Museu perante uma plateia visivelmente entusiasmada.


pelo museu de arte popular, bordar, bordar

pelo museu de arte popular, bordar, bordar

pelo museu de arte popular, bordar, bordar

pelo museu de arte popular, bordar, bordar

36 comments » Write a comment

Leave a Reply

Required fields are marked *.


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.