desta tarde no museu

esta tarde no MAP

esta tarde no MAP

Ver sair literalmente à rua quem trabalha e ensina nas nossas universidades faz-me ter saudades de uma escola que podia e devia ser a nossa, em que os oradores falam com entusiasmo do que efectivamente sabem (sem a leitura monocórdica de comunicações tão frequente nos congressos), em que o conhecimento fruto do trabalho de investigação é chamado a transformar o mundo cá fora (em vez de se perder nas habituais e estéreis rivalidades académicas) e onde não há lugar para bocejos. Vim de Belém satisfeita.


esta tarde no MAP

esta tarde no MAP

6 comments » Write a comment

  1. tive tanta pena de não ter podido ir assistir; espero que tenham filmado o encontro

  2. Tive muita pena por não ter podido ir. Espero que muitas pessoas tenham aderido à iniciativa e que no futuro próximo toda esta situação fique resolvida!

  3. Com muita pena minha não me foi possível estar presente neste colóquio, estava em Évora e cheguei bastante tarde.

    Tenho divulgado tanto quanto posso o nosso Museu e não vou parar de o fazer.

    A parolice tem de ser combatida de alguma forma. Tem de haver uma maneira de parar o fecho.

    Paula Tadeu

Comentar