gato e rato

e. cose

e. cose

A gata fez desaparecer para um esconderijo secreto os ratinhos de brincar e a E. decidiu fazer-lhe um novo. Puxei d’O meu Primeiro Livro de Costura, que sei de trás para a frente por o ter folheado tantas vezes em pequena, e deitámos mãos à obra. Normalmente maça-se ao fim de uns minutos de agulha na mão (e eu nunca insisto para que continue) mas hoje não perdeu o interesse. Ficou pronto num instante e foi o brinquedo da tarde.


gato e rato

gato e rato

Ali em baixo discute-se como dar legumes às crianças e eu apesar de leiga não resisto a comentar também o assunto:

Pais que gostam de legumes e de uma alimentação variada têm boas hipóteses de serem (nisso como em tudo o resto) imitados pelos filhos. Uma mãe que só coma os brócolos por obrigação vai ver de certeza o filho a franzir-lhes o nariz. Até ir para o infantário, aos dois anos e meio, a E. não sabia que era possível dizer não gosto do que lhe fosse dado à refeição. Comia favas, grelos, comida indiana e o que quer que fosse que cozinhássemos. Estou convencida que parte da explicação da abertura dela a sabores bastante diferentes do que em geral se acha que as crianças muito pequenas gostam de comer reside no facto de termos sido bastante rígidos quanto à ingestão de doces e outras comidas pouco saudáveis nos primeiros tempos e de termos introduzido os legumes muito cedo na alimentação dela, dando muito mais sopas feitas em casa (às vezes engrossadas com arroz e outros cereais) e fruta do que papas de pacote. Com um ano comia à mesa a nossa comida (essencialmente ovo-lacto-vegetariana) e nunca estranhou os legumes da mesma forma que aprendeu cedo a gostar de caril, cachupa, humous, etc. Claro que depois de entrar para a escola as coisas mudaram bastante e tivemos a fase do horror aos espinafres, a do asco ao arroz de estrugido e várias outras, ou não fosse ela uma criança normal. Com a A. foi a mesma coisa, com a diferença de ter aprendido a fazer fitas com a irmã sem ser preciso sair de casa. Ah, e a E. este ano experimentou um hamburger McDonald’s pela primeira vez e felizmente não gostou.

27 comments » Write a comment

Leave a Reply to amnésia Cancel reply

Required fields are marked *.


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.