de volta

lavradeiras do minho

Regressámos de umas curtas mas excelentes férias para um literal duche frio: estamos sem gás em casa devido a uma fuga na conduta geral do prédio e ao mau serviço da LisboaGás. E se é inacreditável termos de ir para obras pouco tempo depois de a empresa instalar ou certificar as condutas no interior das casas, pior é os vizinhos preferirem voltar às botijas a investir no seu património. Enfim.

6 comments » Write a comment

  1. Hi! I am so thrilled to have found your blog. I am Portuguese. Both of my parents are from areas around Lisbon. My mother is from Via Longa. I have enjoyed reading your blog and hope to refine my Portuguese skills while enjoying reading your posts. Maybe soon one of my comments will be in Portuguese. Please forgive my mistakes then.

    Ruth

  2. Há pouco tempo também tive problemas do gás. É literalmente uma CHATICE!! E além da chatice é caro, seja o arranjo, a reabertura, tudo tudo.

  3. É oportuno deixar mais um testemunho de um trabalho mal feito… quando regressámos das férias anteriores, tinhamos o gás fechado devido a uma fuga de gás desde o contador da escada até aos aparelhos da nossa casa, a LisboaGás deu-nos uma lista enorme para podermos escolher uma empresa que eles aconselham, e fizemos isso. Arranjaram a fuga que custou-nos 300 euros, logo a seguir veio a vistoria da LisboaGás e confirmou estar tudo bem, abriram o gás e foram-se embora. Por volta da meia noite, cheirava muito a gás no patamar da escada, e chamámos o piquete de urgência que ficou escandalizado como é que os seus próprios colegas deixaram passar um erro daqueles, ficou tudo mal vedado e se a vistoria tivesse sido feita com atenção tinham detectado a fuga, que era grande. Uma vergonha de um trabalho tão mal feito pela LisboaGás e por uma das empresas que eles sugerem.

    Ficámos vários dias sem água quente e sem poder cozinhar e depois de tudo “arranjado” ainda podia ter acontecido um grave acidente.

Comentar