play station

ela

play station

Há meses que tinha prometido à E. ensiná-la a coser à máquina. Usei quase o mesmo método dos workshops e deixei-a à vontade com meia dúzia de retalhos para praticar. Ontem de manhã disse que queria fazer um saco. Achei que seria complicado mas dei-lhe os materiais e deixei-a outra vez sozinha, só com algum receio de que furasse os dedos. O resultado surpreendeu-me.

Na véspera tinha feito uma saia de linho para a A. Usei o ponto de overlock da Juki para unir a parte da frente à de trás e um dos pontos decorativos para a barra.

pose

saia nova

28 comments » Write a comment

  1. É bem melhor que a playstation, hehehe!… Comigo tudo começou com um kit de tricote que me ofereceram aos 7 anos, hehehe!…

    Beijinhos ;P

  2. lindas e lindos. Quando penso no que tive que imaginar para ocupar a minha filha nas férias dela… que sorte a tua.

  3. gosto dessa play station em detrimento da outra.
    E., bom trabalho :)
    fizeste-me lembrar de quando era pequena e cortava à socapa os tecidos da minha mãe, aqueles guardados para projectos especiais.

  4. o saco ficou muito bonito ! & a saia também, o tecido escolhido tb gosto muito, tenho estado a namorá-lo, como se diz !

  5. Ainda bem que se entretêm assim, podem ficar todas juntas a trabalhar e a conversar! fora com as plays stations e nintendos :-)

  6. Isto faz-me lembrar a nossa mãe :-)
    Não só quando éramos miúdas, mas ainda hoje tem um jeito muito especial de nos motivar a fazer o que quer que seja.

    Bom fim-de-semana!

  7. Parabens Rosa. Eu ainda me lembro de quando a minha avó me ensinou a utilizar a máquina de costura. Comecei por costurar,sem linha, um papel grosso,com um traço feito com lápis para servir de guia.

  8. Esses momentos ficam na memória para sempre, ainda me lembro de ter aprendido a fazer vestidos para uma boneca com as minhas tias.
    A minha filha também foi “vitima” de uma mãe assim, desde que ela me pedisse eu punha-lhe nas mãos as agulhas… com bons resultados.
    Adoro o saco…

  9. Rosa,
    as meninas estão lindas juntas, brincando, trabalhando… é quando percebemos o prazer de transformar um pedaço de tecido em algo feito por nós… trabalho e prazer se misturam… elas não aprenderam longe!
    Foi vendo você vibrar com combinações de tecidos, com desafios superados numa peça diferente… foi vendo você! Parabéns para vocês, parabéns para nós que também estamos aprendendo… vendo!
    Um abraço, Lisbeth

  10. Simplesmente incrível o jeito como você leva a vida, cuida das filhas, sempre cercada de beleza e leveza. Uma inspiração constante para mim. Um dia quem sabe irei a Lisboa a visitarei a Retrosaria.

    Um abraço, Lua

  11. É lindo é de ver que ainda há quem ensine ás filhas estas coisas que se tornou fora de moda. Lindo saco e parabéns

  12. Rosa, que fotos deliciosas!
    Um saco cheio de inspiração infantil. :)
    Aproveito para agradecer o workshop de hoje, adorei!
    Agora já estou sentada, prestes a trocar o portátil pela máquina de costura e perfumar os retalhos com alfazema.

    Até breve!
    Susana

  13. Liiiiiiiiiiiiindo! Adorei o pormenor da gaveta virada ao contrario para a menina chegar ao pedal! Parabens para ti que és uma mamã maravilhosa!

    Maria de Palma

  14. Pingback: A Ervilha Cor de Rosa » fazer é poder:

Comentar