22 comments » Write a comment

  1. é tão bonita!
    não desesperem se a twitter não gostar muito da companhia… primeiro estranha e dp entranha :))

  2. Rosa,
    adorei o nome!
    O nosso gato – Barriga – ficou no Brasil. Um ano passa rápido! Falamos com ele pelo skype… risos…
    Um abraço, Lisbeth

  3. Oh, que linda! Também estamos a pensar em adoptar mais um gatinho para fazer companhia ao que cá anda. ;)

  4. Eu troco as minhas sardinhas pela dela! :)
    5 por 1!
    Será que ela vai querer?
    (A última gata que adotamos se chama Borralheira – porque a princípio só aparecia de noite)

  5. AHHH!
    Oh Rosa, eu nem queria acreditar quando li!… com que nó fiquei na garganta!
    A minha querida cadela, companheira insubstituível por 10 anos chamava-se precisamente… Sardinha!!
    É verdade, sim senhora, todos se riam do nome, mas assentava-lhe que nem ginjas, e baptizei-a assim por ter aqui aparecido pequenina e irrequieta, qual sardinha.
    Por acaso não a terás conhecido?! :)

    E um post sobre o terrível abandono dos animais ou sobre a ideia/estigma de que os animais de “raça” são melhores que os outros??

    A gatinha é muito, muito bonitinha!

  6. realmente muito gira a gatinha. & por falar em Sardinha – um nome q lhe fica tão bem – conhecem a “outra” Sardinhaniska, companheira fiel do gato Atum ? felicidades

  7. Olá Rosa! Os gatos ficam sem dúvida mais contentes com companhia da própria espécie, lá está o primeiro impacto nem sempre é o melhor mas depois tende a passar. Cá em casa há um Zen e um Enki… Sardinha (porque foi adoptado numa memorável noite de Sto. António, no bairro da Bica, aqui há uns 5 anos!). Felicidades!

  8. ah ah !
    pensei que se chamava felicidade…por acaso é um nome bem giro!
    ;)

  9. ando hà dias a tentar convencer o David que seria óptimo ter um gato … que coisinha mais linda ***

Comentar