povo

POVO

POVO

A ver no Museu a Electricidade só até dia 19, POVO. Exposição-instalação de autor(es) e não uma abordagem histórica, é um percurso cuidadosamente pensado e recheado de surpresas (para mim, pelo menos): as lindíssimas fichas do Inquérito à Arquitectura Regional Portuguesa, o inesperado destaque à obra de Eduardo Nery, uma colecção inteira de figurinhas de madeira de TOM

POVO

eduardo nery

POVO

PS: o ar condicionado na exposição está regulado para uma temperatura anormalmente baixa, pelo que é recomendável levar um agasalho para usar durante a visita.

6 comments » Write a comment

  1. Que bom que foste. Quando lá estive pensei em ti: a propósito das figuras do TOM. :)
    p.s: tens razão, e infelizmente não e só ali :( eu sempre que não vou estar em casa ou a passear ao ar livre ando previnida com agasalho.

  2. Rosa! Que bom que foste ver a exposição, está realmente incrível, não está?
    Em relação ao ar condicionado, há uma explicação: o ambiente tem de estar àquela temperatura por uma questáo de preservação de determinadas obras que lá estão expostas, algumas fora do seu “habitat natural”. Mas vale bem a pena andar de casaco para ver todos aqueles trabalhos.
    A equipa do Museu de Electricidade está de Parabéns.

Leave a Reply

Required fields are marked *.