毛糸の小ものカタログ

carapuço

carapuço

Um carapuço (ravelry) feito em três ou quatro serões, a partir de um dos livros japoneses deste Inverno. Seguir instruções de tricot em japonês é como um jogo. Na maioria dos casos há um esquema aos quadradinhos, em que cada um corresponde a uma malha, e em que aos diferentes pontos correspondem símbolos sempre ilustrados no final dos livros. Ajuda se se souber por exemplo que 目 é malha e que 号針 quer dizer agulha número e vale a pena imprimir para ter à mão a secção All About Japanese Knitting Patterns deste site, que tem tabelas de equivalências e óptimas explicações. A mais interessante que encontrei recentemente, neste blog, diz que o nome japonês para o ponto de meia – メリヤス編み (meriyasu ami) – deriva do Português e, digo eu, provavelmente da palavra meia. Como terá a malha chegado ao Japão?

PS: a lã é a Beiroa. Read more →

re-made in portugal 2010

re-made in portugal 2010

re-made in portugal 2010

A Re-made in Portugal parece cada vez mais desviada do propósito original e menos interessante. Mais arte do que design, tal como no ano passado, mas agora muito mais modesta e ainda mais fechada. As peças que me apeteceu fotografar são da mesma autora que destaquei em 2007, Alda Tomás. No fim do percurso, um lúgubre lounge/loja em um balde recolhe pingas da água da chuva e a mais vistosa das peças à venda é uma mesa em aglomerado de madeira de João Mendes Ribeiro que apesar de nova (e cara) está rachada. Talvez abrir a participação (neste momento restrita a licenciados em design, empresas e convidados da organização) a outro tipo de concorrentes e divulgar o concurso trouxesse alguma vitalidade e variedade à iniciativa? No ano em que as paletes de madeira usada foram estantes nas montras da H&M e area (para citar só duas), em que a reutilização de materiais já mais do que atingiu o mainstream do design, esperava uma edição mais viva e com espírito prático da Re-made, mas pode ser que seja para a próxima…

Peças de Alda Tomás nas imagens: Jarras decorativas (70% porcelana de refugo moída, 29% resina epoxy, 1% corante) e linha de objetos de cerâmica (50% lamas de ETAR, 30% água, 10% vidrado, 10% pasta de porcelana).

Page 2 of 212