nana menino

nana menino

nana menino

Trouxe de Montemuro este brinquedo. É uma miniatura dos berços locais, com um bebé de pano aconchegado debaixo de um cobertor de malha com tirinhas de tecido entretecidas. Não sei se esta técnica é conhecida de muita gente, por isso amanhã mostro como se faz.

10 comments » Write a comment

  1. Lindo, lindo!! É tão bom vermos as coisas simples e belas do nosso Portugal serem divulgadas! O nosso artesanato merece, a par de manter as técnicas proprias de cada região, dar aquele salto qualitativo tão necessário hoje em dia. Temos de tirar da ideia das pessoas (identidades oficiais ligadas ao artesanto incluidas…) que os artesãos (0u como lhes quizermos chamar) não têm de ser sofredores e “mal vestidos” e as suas oficinas (ou ateliers, como hoje em dia se usa chamar) não têm de ser escuras e cheias de teias de aranha! Tou ansiosa para aprender essa técnica dos farrapinhos entretecidos com a malha (quem sabe, para a juntar á minha cerâmica…). Beijinhos.

  2. Olá !

    Muito bonito – o delicado e simples sempre fica bonito, né?!

    Já estou ansiosa para passar aqui amanhã e aprender como é a técnica.

    Abraço
    Kelly

  3. A minha avó fazia tapetes com esta técnica! Sabia aproveitar todos os restinhos!

  4. Pingback: A Ervilha Cor de Rosa » tapetes de trapos presos:

Leave a Reply

Required fields are marked *.