dar cor

dyeing

dyeing

Por causa das novas lãs para meias que chegaram à Retrosaria, apeteceu-me fazer mais algumas experiências de tinturaria. Usei um processo diferente desta vez, que aqui deixo em formato de receita:

Ingredientes:

Uma meada de Beiroa branca novelada
Tintas próprias para tingir lã (eu uso da Jacquard mas também se pode experimentar com tinta Raposa) ou corante alimentar
Vinagre branco do mais barato
Seringas de plástico de 50ml
Luvas de látex e avental
Um recipiente que possa ir ao micro-ondas (eu uso um pyrex)
Forno micro-ondas

Execução:

dyeing

Demolhar a lã em água com bastante vinagre (o vinagre permite a fixação da tinta) e apertar o novelo como se fosse uma esponja, de forma a que ele fique totalmente saturado. Deixar em repouso.
Com as luvas calçadas, preparar as tintas de acordo com as instruções (150ml de tinta são suficientes para um novelo com 100g). Neste novelo foram usadas três cores diferentes.

dyeing

Espremer ligeiramente o novelo. Encher as seringas de tinta e pintar a lã, tendo o cuidado de fazer a tinta chegar também ao interior do novelo.

dyeing

Colocar o novelo dentro do pyrex e tapar. Caso se use outro tipo de recipiente, é necessário deixá-lo ligeiramente destapado, para que não expluda dentro do micro-ondas. Se o novelo não estiver suficientemente saturado de líquido convém acrescentar um pouco de água.

dyeing

Cozer alguns minutos no micro-ondas (costumo fazer dois períodos de 4 minutos a 440w). Deixar repousar um ou dois minutos.

dyeing

Retirar do forno com cuidado, destapar e deixar arrefecer.
Quando estiver morno, passar por água tépida abundante, espremendo o novelo com cuidado, até esta sair límpida.
Deixar secar.

18 comments » Write a comment

  1. Brilliant. So much easier (and neater) than the washing machine or the stovetop dyeing methods! I presume that the 8 minutes in the microwave do not felt the wool, correct? Can’t wait to see what you’ll make with that colorful yarn.

  2. Fantástico! Não me sentia muito entusiasmada com a tinturaria, mas esta experiência deu-me vontade de experimentar!

  3. ouau, que cores lindas, que bom acordar de manhã cedo e ver coisas lindas como estas ! magnifico Rosa !

  4. Boa!!! Agora é que eu vou experimentar porque sempre achei um desperdício, a água e energia que se gastava a tingir um “nico” de lã! Muito obrigada pela receita!!!!

  5. Bem, eu tenho 2 meadas brancas de Beiroa que não couberam na encomenda para Canadá, de repente apeteceu-me muito cozinhar umas meadas.
    Só uma pergunta a tinta Raposa é a tinta para tecido? aquela velhinha?
    Ainda existe?

  6. Existe, pois!! Pelo menos em Samora Correia, na loja do sr. Claudino! Tenho aqui três pacotes, nas cores preto, roxo e azul turqueza!

  7. Thank you so much for sharing this. Your instructions are clear (even with the computer translation!) and the photos are brilliant. I’m going to try it!

  8. thank you for the details in your instructions – like how much you need for 100 grams yarn. That was an amazing transformation from the wet dye look to completed ball – would love to see it knitted up. I may get brave here soon and try it!

  9. Pingback: meada corada | A Ervilha Cor de Rosa

    • Comprei na net mas não me lembro em que site. Através do google encontram-se facilmente vários sites que as vendem.

  10. Pingback: caneleiras com corantes | A Ervilha Cor de Rosa

Leave a Reply

Required fields are marked *.


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>