para fazer meia

para fazer meia

para fazer meia

Num dos dias do Barroso prometi a uma mulher fora do vulgar um saquinho para levar as meias. Foi no fim da conversa, depois de uma manhã cujos frutos estarão em breve na Lã em Tempo Real. A D. Benta trazia o trabalho guardado num saco de plástico, estimado e até remendado por ter o tamanho e feitio ideais para o efeito: nem grande nem pequeno demais, e com uma alça mesmo jeitosa para ficar no braço quando se faz meia em pé ou em andamento. Já passaram umas semanas, mas ontem encontrei finalmente o tecido e o momento certo para o fazer. Espero que ela goste.

(o tecido é daqui e as minhas meias na fotografia são as da concha)

para fazer meia

para fazer meia

11 comments » Write a comment

  1. Pingback: para fazer meia #2 | A Ervilha Cor de Rosa

Leave a Reply

Required fields are marked *.


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.