mundano

mundano

A máquina não apareceu. Ainda estou à espera de descobrir que não cheguei a levá-la quando saí e que está escondida atrás de uma cadeira, dentro de uma caixa de tecidos ou no meio dos brinquedos da E., mas não é de todo provável. À falta de fotografias minhas, ficam duas vindas do Porto e que estavam em lista de espera. São da loja Mundano, onde moram coisas minhas, da Hilda e da Ana ao lado de muitas outras e de gente boa.

Read more →

mundano, porto

mundano

Tenho um monte de posts por escrever e de links por partilhar mas não queria atrasar mais a notícia da abertura da Mundano, em plena Rua Miguel Bombarda. Visitei-a antes da abertura, para conhecer pessoalmente a Sofia e o Luís Pedro, e vai ser uma das paragens obrigatórias da minha próxima ida ao Porto. É mais uma loja onde se podem encontrar bonecos meus e tem candeeiros da colecção deste e azulejos lindos escondidos na cozinha…

Read more →

voyager

051027_voyager.jpg

Um dos meus bonecos anda desde Julho a bordo de um atrelado de camião muito especial, a Voyager (o site só tem dados relativos à edição de 2003). Partiu directamente para Estrasburgo, seguiu para Praga e agora, até dia 30 de Outubro, está no Largo do Município, no Funchal. Só tenho pena de não ter chegado a vê-lo a bordo. Será que ainda vem a Lisboa?

PS: Neves, mais uma vez obrigada pelo tecido…

Read more →

morphe

morphe

A internet altera a noção de distância. Este mês terminei as primeiras encomendas para lojas noutros países e agora tenho pela frente (com mais onze de mulheres de quem me sinto muito mais próxima do que os quilómetros que nos separam sugerem) uma exposição colectiva do outro lado do mundo não virtual, em Adelaide na Austrália. Estar lado a lado com a Claire Robertson e a Heidi Kenney, cujo trabalho admiro há anos, a Hillary Lang, que acompanho praticamente desde o primeiro dia, e todas as outras (das quais só não conhecia a autora destes lindíssimos tecidos) é um privilégio!

mercado del borne

mercado barcelona

Este Sábado abre as portas em Barcelona a cooperaativa Mercado. Não estarei lá em pessoa para a inauguração, mas quem lá for vai encontrar, para além de uma exposição do Gary Baseman e de muitas outras coisas, bonecos meus e da Hilda.

♥ ♥:

O livro da talentosa tricotadeira Jess Hutch.

e porquês:

Porque tecem as mulheres.

Porque também tenho saudades de NY.

Porque me senti como se tivesse onze anos quando lhe pedi que assinasse a capa de um disco.

Porque não é depois que vai ser, é agora.

Read more →

Page 1 of 3123