noro kureyon #126

Estou convencida que foi por ter tricotado tanto nos primeiros meses que não me custou deixar de fumar mal soube que estava grávida. Tentei arranjar uma revista com figurinos decentes mas foi impossível. Acabei por fazer adaptações de alguns que tirando cores e padrões até eram sofríveis e o prazer que me deu vestir-lhos foi enorme.

Ainda com o Japão na ideia (e triste por saber que deixou de se fabricar a lã com que fiz o cabelo da boneca), descobri hoje a noro, uma marca japonesa de lãs para tricot que me deixou deserta por voltar às agulhas. Se tudo correr bem, já sei o que é que vou fazer quando estiver sentada na eira a olhar para o mar…

Page 24 of 24« First...10...2021222324