grow baby grow

baby's clothes quilt

baby's clothes quilt

Dois meses e meio depois, terminei o quilt da E.. Os acabamentos podiam estar mais perfeitos (tão cedo não volto a tentar coser tecidos elásticos) mas todos cá em casa ficámos contentes com ele. É quente e macio, e para mim é uma espécie de banda-desenhada sobre os meses em que a E. vestiu aqueles babygrows

sorriso

log cabin

Esta manhã (depois de passar, na Baixa, por esta cara que me deixa sempre de sorriso nos lábios), fiz uma das já tradicionais duas excursões anuais aos saldos da Petit Patapon, desta vez já a pensar no próximo Inverno. Passe a publicidade, continua a ser uma das minhas marcas de roupa para criança preferidas (óptimos tecidos e acabamentos e, até ver, made in Portugal).

Nos tecidos, continuo em experiências, sempre a aprender mais sobre o que as cores e os padrões fazem uns ao lado dos outros. É viciante. A propósito, exercícios num workshop da afamada Denyse Schmidt.

#

log cabin

Muitos tecidos, livros e links. Poucas fotografias.

Junku.fr: para quem não se entende com a Amazon.co.jp, uma livraria franco-japonesa. Tem a vantagem de em alguns casos fornecer (em Francês), uma curta descrição do conteúdo dos livros. Por mim, continuo a perder-me na língua que não conheço e andar de link em link, maravilhada com a imensidão de livros sobre o estilo francês que chega ao exagero, curiosa por discos que me são sugeridos por terem um grafismo crafty, tentando resistir a capas lindas e sempre a juntar mais e mais ISBNs à minha wishlist.

Read more →

isto não é um pote

balão

“É um Pote Muito Útil”, disse Puff. “Cá está ele. (…) E é para pôr coisas dentro. Pega!”

Quando Inhon viu o pote, ficou muito excitado.

“Que bom!” disse ele. “Vou pôr o meu Balão neste Pote!”

“Não pode ser, Inhon”, disse Puff. “Os balões são muito grandes para caber dentro de Potes. O que se faz com um balão é, segura-se no balão ——”

A. A. Milne, Joanica Puff (ed. A Regra do Jogo, 1974. Trad. Manuel Grangeio Crespo).

Read more →

blog cabin

log cabin

What possesses a woman to cut out tiny pieces of fabric and spend hours and hours sewing them together? (*)

As carteiras que fiz para a loja foram muito poucas para esgotar a vontade de cortar tecidos aos bocadinhos. Continuo a aprender sobre a história e ciência (via In a minute ago) do quilting e a perder-me com imagens como esta e esta. Por enquanto só me aventuro em pequeníssima escala.

Outras coisas dentro da mesma: , e .

Read more →

…e ainda

carteirinha

pormenor

Já tenho saudades de escrever posts com mais de uma frase, mas estes últimos dias antes do Natal não deixam tempo para nada senão tentar impedir as prateleiras da loja de ficarem vazias. Lá, pelo menos, há novidades todos os dias.