Kihnu Roosi Kindakirjad

kihnu roosi kindakirjad

kihnu roosi kindakirjad

kihnu roosi kindakirjad

Ärmä Roosi é uma artesã com setenta e cinco anos da ilha estónia de Kihnu, onde sobrevive uma riquíssima tradição de luvas e meias tricotadas à mão. Ao longo da sua vida reuniu várias centenas de padrões (consta que cada um tem um significado próprio) de luvas e meias tradicionais. Neste livro estão reunidos cento e dez desses motivos de luvas com e sem dedos. Descobri-o há poucas semanas e não descansei enquanto não consegui encomendá-lo (é verdade que com livros ainda não deixei de ser consumista). Para além do meu exemplar, pedi outros cinco para a Retrosaria, porque achei que mais pessoas o achariam tão irresistível como eu. Estão aqui. O livro é invulgarmente bem desenhado e paginado, o papel é óptimo e a impressão também. É verdade que está em Estónio mas os gráficos são de entendimento universal e, desde que comecei a comprar livros japoneses com regularidade, a língua deixou de ser um obstáculo para apreciar livros assim tão bonitos. Claro que se houver por aí alguém que leia a língua e queira vir fazer uma sessão de leitura pública com tradução, estou muito interessada. Read more →

retrosaria

chão

Uma semana em casa a curar a virose à mais velha e agora começa outra semana igual com a mais nova de molho. Honestamente, não sei como é que quem tem mais filhos se desenvencilha para conseguir pôr os pés no trabalho durante o Inverno. Por aqui, faço uma das últimas actualizações à Retrosaria de chinelos calçados e turnos com o F. a preparar a mudança. Há lãs, livros e tecidos novos.

diga aldrabagate

Rufino & Filhos

Rufino & Filhos

Desde 2006 que as agendas do Planeta Tangerina aqui merecem destaque, e este ano não é excepção: o tema da agenda de 2010, que acaba de sair, é a drogaria tradicional, último reduto de um certo tipo de conhecimento sobre o com o quê e o como se fazem as coisas. Aldrabagates, goma-laca, barbante e potassa são alguns dos materiais que já não constam do vocabulário de muita gente e que aqui aparecem ilustrados com a frescura habitual dos membros do Planeta. Está na Retrosaria, à espera de todos os fãs do pequeno comércio. Read more →

retrosaria

lã

Mal posso esperar por poder levar tudo lá para baixo. Cada dia que passa é menos um que falta, mas esta fase dos quases parece que nunca mais acaba. Esta manhã, como que de propósito, descobri mais um monte de gavetas que iam para o lixo. Na Retrosaria, lãs, tecidos e mais coisas novas.

antes e depois

before

and after

Daqui a poucas semanas haverá menos cartão cá por casa. Quem me vai lendo vê-o aparecer com frequência ( ) mas não sabe nem a desarrumação que provoca nem tudo aquilo em que se transforma diariamente. Nessa altura (mal posso esperar), os tecidos e os respectivos cartões vão estar lá em baixo, mas vamos continuar a usá-los. Aliás, acho que ainda não o tinha dito aqui, vai haver um quarto para a E., a A. e os meninos que nos vierem visitar poderem brincar à vontade.

Os novos tecidos da Retrosaria estão aqui. Read more →