cartilha escolar (ler, escrever e contar)

cartilha escolar

cartilha escolar

A três meses dos cinco anos, depois de muito tempo compenetrada a fazer que entendia os Harry Potter da irmã, perguntei-lhe se queria aprender a ler. A E. aprendeu por osmose, surpreendentemente cedo, entre a Isaurinha e muitos outros livros, e a A. está a aprender pelo mesmo livro que a minha mãe usou comigo, também por volta dos quatro anos. Gosto da Cartilha Escolar do Domingos Cerqueira, publicada ainda durante a Primeira República e por isso de conteúdo bastante diferente (na página do r brando tem a palavra greve) das do Estado Novo, mais reeditadas e conhecidas. As nossas aulas resumem-se a uma página do livro quando ela se lembra (às vezes dia sim dia não, outras vezes passada uma semana). Testemunhar a maneira como uma criança pequena aprende é qualquer coisa de extraordinário, seja a fazer tricot ou a ler cá vai a vaca.

tricot de dedo

tricot de dedo

tricot de dedo

No dia em que, apesar do calor, a A. quis pavonear o seu casaco novo no recreio, chegou a casa a dizer que a professora de cantina e de sesta a tinha ensinado a fazer tricot. E tinha mesmo: tirou da mochila um colar feito durante o recreio e desde aí fez mais um monte deles, tão concentrada como divertida. O tricot de dedo (instruções em Inglês) é a mesma coisa que o rabo de gato, mas feito sem mais material do que um novelo de fio. Fica óptimo com trapiho ou uma lã grossa, e está provado que de tão simples pode ser feito por uma criança de quatro anos. Read more →

ilustrar

brincar

Ao lado da irmã, a A. é tímida a desenhar. Olha de esguelha para o desenho da E., tenta imitar, fica frustrada. Não é fácil ser a mais pequena. Nestes dias em casa, depois uma sessão de risota à custa do Maru, um daqueles cliques internos inexplicáveis fê-la libertar-se e ilustrar descontraidamente com a irmã o manual definitivo das brincadeiras com gatos.
É interessante como na cabeça de uma criança o desenho e a ilustração são coisas tão claramente diferentes. Read more →

receita

:)

:)

Ingredientes: camisolas interiores de algodão (novas ou usadas), canetas de feltro próprias para tecido, cartão rectangular para pôr dentro das camisolas ou bastidores para manter o tecido esticado.

Execução: desenhar a gosto. Passar a ferro no fim para fixar as cores.

Page 2 of 1812345...10...Last »