sexta-feira na terça

freitag bob bag

pão com mel

Não sei há quantos anos andava para comprar uma Freitag. Acho que só não o fiz antes por ter andado sempre mais de mochila às costas do que de mala ao ombro mas, desde que a A. nasceu, um saco grande de mão (onde tudo cabe e ao qual a E. tem acesso fácil) tem sido a opção mais prática. Desde o Natal que uso este diariamente mas infelizmente as pegas revelaram não estar à altura do uso intensivo que lhe dou e estão a esboroar-se (aconteceu o mesmo com o teu, Rita?). Por isso, depois de namorar longamente os da loja on-line, passei hoje finalmente pela Hold Me (R. do Norte, 33) para ver se havia alguma Bob irresistível.

É possível que alguém tenha feito uma mala de lona de camião reaproveitada antes dos irmãos Markus e Daniel, mas são eles que as fazem melhor e foi uma Freitag que entrou, por exemplo, para a colecção de design do MoMA. A ideia é muito boa e tem sido copiada uma e outra vez, mas sem acrescentar nada ao original, que ainda por cima vem magificamente embalado numa televisão de cartão que vamos montar amanhã e acompanhado de um desdobrável com toda a história da marca.

Hello Bob!

Read more →

coser

mala dos elefantes

Hoje a E. (cuja vida social é bem mais agitada do que a minha) estava convidada para duas festas de anos. Acabou por escolher a de uma amiga da escola, o que nos levou a passar a tarde na lindíssima Tapada das Necessidades (já alguém reparou que o artigo da Wikipedia sobre a tapada é um absoluto delírio?). Para a Aurora, que fez seis anos, costurei a correr um saco diferente de todos os que tinha feito até hoje. Gosto do feitio e da alça e sou capaz de fazer a seguir um parecido para mim.

Read more →