quilted planet

Quilted Planet

Comprei recentemente o livro Quilted Planet: A Sourcebook of Quilts from Around the World. Não foi nada barato, mas valeu a pena. Como o nome indica, é uma espécie de história mundial dos quilts, aliás colchas, organizada por regiões e profusamente ilustrada. Não sendo uma obra científica, inclui uma boa bibliografia e apresenta bastante informação acerca de cada um dos temas e regiões abordados.

Read more →

wip friday

quilt

Agora que a A. finalmente dorme sestas dignas desse nome posso reclamar de vez em quando para mim o chão da sala e enchê-lo de retalhinhos. Hoje peguei neste quilt começado há meses e dei-lhe um bom avanço. Vai ser bom para uma cama de grades e, se não me faltar a coragem quando o vir pronto, irá para a loja.

Quilting ♥:

Kaffe Fassett’s Quilts in the Sun: o novo livro de Kaffe Fassett é de certeza como os anteriores um regalo para os olhos e tem a particularidade de os quilts terem sido fotografados em Portugal. Já encomendei.

Inspiração: colagens e uma excelente colecção de azulejos portugueses no Flickr.

E, a propósito da fruta da época, eu gosto de ver o que a Jane faz e ler o que ela escreve (ainda não tenho o livro).

Read more →

assim ou nem por isso

tecidos

tecidos

Não tenho nehum quilt pronto para acolchoar e, apesar do calor, faz-me falta. Aquele exercício dos pontos muito pequenos e certinhos uns a seguir aos outros quando, à noite, elas já dormem e o cheiro dos bolos de arroz da fábrica vizinha começa a entrar pela janela juntamente com a brisa fresca da noite, relaxa-me e organiza-me. Já escolhi cores e já as pus de lado, já fiz uma tentativa que, por se ter complicado demais, vai ser desmembrada para almofadas e já escolhi mais tecidos mas ainda tenho dúvidas. Combinar cores e padrões faz-me perder a noção do tempo. Gostava de ler um livro que enumerasse as regras daquilo que aprendi a fazer só por instinto (porque é que estes tecidos ficam bem um ao lado do outro e aquele que é quase quase igual já não fica?).

Read more →

visto de fora

União de estamparias

Desde que comprei a primeira máquina fotográfica digital que são raros os posts ilustrados com imagens alheias, mas às vezes sabe bem quebrar a rotina: as duas imagens deste post vieram do flickr e são pormenores desta e desta. A sua autora é uma rapariga inglesa chamada Alix McAlister, que já viveu em Portugal e com quem tenho encontrado coincidências. Gostamos as duas de tecidos antigos e das suas etiquetas: ela tem uma colecção fantástica (eu tenho só esta e esta). Aprendemos a gostar de patchwork com duas mestras que trabalharam juntas nos anos 70: eu com o trabalho de Fátima Vaz e ela com o de Helena Lapas. Ambas somos mães, ambas fazemos bonecos de pano, partilhamos curiosidades. Às vezes é bom o mundo ser pequeno. Obrigada, Alix.

Read more →

quilt

quilt back

Ei-lo, finalmente terminado, lavado e seco ao sol. Perdi a conta às dezenas de horas que levou a terminar e no tempo que levei a fazer este à mão podia ter feito uns vinte à máquina. Mas não era a mesma coisa.

Read more →