quente

chita e fleece

Da minha mais recente excursão em busca de materiais trouxe chita verdadeira. Já dei uso a parte dela (por causa da feira tenho outra vez a cabeça a fervilhar com ideias).

Disseram-me hoje que na revista do Expresso do último sábado veio uma peça sobre a moda do tricot. Aposto que quem a escreveu não sabia dos nossos encontros.

La Frimousse, la poupée qui sauve un enfant: se estivesse em França participava já neste projecto.

9 comments » Write a comment

  1. Por falar em feira, onde é que vai ser? Não consegui encontrar a morada e gostava de ir.

  2. olá rosa!

    a propósito desse artigo no expresso, fui investigar na net, porque fiquei cheia de vontade de tricotar um cachecol para o meu pai (sem saber ainda como!) e encontrei o teu blog que tenho devorado de trás para a frente nestes últimos dias! até já experimentei as areias da olinda (as minhas não ficaram tão bonitas, descuidei-me com o fogão!!!! mas depois de “raspadas” ficaram deliciosas!!!). amei os teus bonecos, e fui a “correr” dar o teu endereço a uma amiga (ana ventura) que achava que iria adorar também, porque são a “cara” dela, e não é que voces já se conhecem? este mundo é mesmo pequeno!

    um beijo grande, vou continuar assídua!

  3. Tenho que ir ver a revista do expresso…mas acho que te deviam ter entrevistado porque fazes milagres…nunca ninguém me imaginaria de agulhas em punho!!! ;o)

    Um beijinho!

    Inês

  4. Ó Rosa!!! Não sei se já te disse mas os links que tu mostras têm todos coisas tão lindas…

    Muito obrigada!

    :o)

    Beijinhos e abraços

  5. Blog e bonecos maravilhosos…

    Where do you find chitas? I have heard about them from my mother

  6. Olá!

    É uma pena que na peça do Expresso tenham falado do movimento em Londres e nem uma referênciazinha a Portugal. Tenho o artigo digitalizado, se alguém estiver interessado é só mandar-me um mail. Jocas!

    ANA :)

  7. Gostava de ver esse artigo! É pena de facto que não façam grande referência a Portugal.

    Mas vou deixar uma sugestão:

    Rosa, porque é que não envias um mail, ou um comunicado para o Expresso a divulgar os teus econtros.

    Acho que era muito giro!

    Beijinhos

  8. Catarina, se quiseres o artigo manda-me um mail e eu mando-te o artigo de volta. Jocas :*

Leave a Reply

Required fields are marked *.


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>