we ♥ laica

barbara loves laica
Já imaginava que a Feira Laica fosse ser divertida e descontraída, mas não pensei que fosse tanto de ambas as coisas. Não pensei que ia parecer mais uma pequena festa (que sorte que tivemos com o tempo) do que uma feira, que a E. se ia fartar de dançar e que ia encontrar num grupo tão pequeno de pessoas tantas coisas inesperadas. Conheci a Dina, fazedora de tricots especiais…
laica tricot


fanzines
…e co-autora de fanzines, a Andriza que faz malas em crochet (e também faz as pegas de madeira), a Alexandra, vi os bordados do ilustrador José Feitor, revi caras conhecidas e fiquei quase quase sem crachás para vender.
andriza

11 comments » Write a comment

  1. Ai que coisas tão giras! Este ano, não podemos ir… mas para o próximo vocês repetem o evento, não é?
    Beijinhos e abraços

  2. Mas que coisas tão bonitas! Neste país ideias não faltam….

  3. no regresso da feira laica, fui seguida por três coloridos caracóis que se passeiam agora pelo corredor lá de casa. a sério! que experiência gira! que bela iniciativa!
    Tive pena de não conhecer nenhum boneco da rosa ao vivo mas, pensei depois, é uma forma de perpetuar a (sua) magia. até à próxima!!!

  4. Tive muita pena de não ter ido, mas não deu mesmo.

  5. Foi tão xiro ir à feira! A Mariana adoptou um monstro das etiquetas da Alexandra, o papá trouxe CDs e a mummy crachás da Rosa e compota de abóbora. E encontrámos muitos amigos :-)

  6. Que bom que a feira correu bem! Eu não pude ir e agora ainda fiquei mais triste…
    Rosa, já falei com a Lívia da Livraria Africana a propósito do próximo encontro das tricotadeiras e ela, não só achou o máximo, como também é fanática por tricot! Vai juntar-se a nós com agulhas e lãs… Tá combinado. Bjs e feliz Natal.

  7. Esqueci-me completamente de te dizer, mas comprei-te 2 crachás…
    Quer dizer, apresentámo-nos e tal, mas esqueci-me de dizer-te que vinha da parte do Manancial da Noite.
    Foi no Domingo. Eu e a Sónia. Lembras-te de nós?
    beijinhos.

  8. A feira estava cheia de coisas lindas, mas já no fim, para a próxima vou no primeiro dia. Gostei muito dos tricots da Dina e dos bonecos da Alexandra Baudouin, o André adoptou um “piu” colorido. Foi pena na altura não estares lá Rosa, mas vi elefanta 109 dentro de um cesto, ainda é mais bonita ao vivo. Bjs.

  9. eu adorei, não podia ter sido melhor para terminar as compras de natal, e sem stress, a não ser talvez o de conseguir escolher de entre tantas coisas lindas e primorosas. deixei o meu contacto de e-mail com uma menina que me disseram estar na organização da feira(que tinha uma ervilha escondida) para não me escapar a próxima. e, claro, estaremos sempre a atentos aqui às tuas dicas, Rosa, para não nos escapar mesmo nada. foi uma emoção ver um dos teus bonecos ao vivo pela primeira vez (já tinha corrido os teus postos de venda em lx mas nunca tinham…). tb adorei os tricots da dina (onde posso encontrar + das suas produÁıes?)! queremos mais!

  10. Marta:
    A Dina Piçarra tricotadeira pode ser contactada através do email succ_zine arroba sapo ponto pt. Boas encomendas :) Ah, e a menina da ervilha escondida era a célebre DJ Matilde Moura.
    Tiago:
    Claro que lembro!

  11. tinta bi

    Durante todo o passeio a E. não largou o seu novo potinho de tinta bi (verde) e mal chegou a casa pediu logo para fazer patua. Tricot: A Dina Piçarra, cujos lindíssimos trabalhos conheci na Feira Laica, vai ter…