quíltingue

acolchoado de chita

Tenho andado à procura da maneira de dizer em Português quilt, quilting e patchwork. O melhor que consegui para quilt foi:

Acolchoado: coberta chumaçada e pespontada em xadrês, segundo a já velhinha 3.ª edição do Dicionário de Português da Porto e Editora.

Não soa muito bem mas acho que é a palavra certa. Manta de retalhos acolchoada é mais explicativo mas comprido demais. E patchwork, como é que se traduz?

Há meses que ando cheia de vontade de explorar estas técnicas. Fiz as pegas-ou-pousadores-de-caneca-ao-lado-do-computador, um saco, três porta-moedas e agora uma brincadeira com destino ainda não decidido (manta para as bonecas, individual ou pousa-cotovelos-junto-ao-teclado, que é o que está a ser neste momento).


Gostava de fazer um quilt com algumas roupas de bebé da E. inspirado no da Hillary. Parece-me uma maneira fantástica de dar um destino útil às roupas que já foram emprestadas e já regressaram e a outras que por uma razão ou por outra não devem voltar a sair das caixas de roupa que já não serve.

Outros quilts inspiradores: este, o birthday coin quilt (também da Hillary), Kaffe Fassett’s wheel of fortune e o string da Denyse Schmidt, que é autora de alguns livros que já acrescentei à minha wishlist.

quilt

9 comments » Write a comment

  1. Também acho esse projecto do quilt de roupinhas extraordinário.

    Para por a caneca em cima, claro! Claro! Tu és um (en)génio. Lá vou ter que voltar à loja.

  2. Está giríssimo, mais uma entrada para o meu post sobre patchwork, e para o fazer também andei à procura de um aportuguesamento e algures vi: “retalho”, mas teria que ser “de retalho”. A maior parte dos dicionários não registam ou definem na palavra inglesa (Houaiss – versão de port. eur.: patchwork: trabalho que consiste na reunião de peças de tecido de várias cores, padrões e formas, costuradas entre si, formando desenhos geométricos/Ex.: colcha de p.). Acho que vou me ficar pelo patchwork :). Encontrei este site: http://www.quiltingpatch.com.br/, acho que não estava nas referências acima.

    Confesso que tb. não tinha percebido para que eram as pegas, tb. eu vou ter que voltar à loja!

    :)

    Sandra

    Peço desculpa pelo testamento de lexicografia :S.

  3. Eu também sou uma apaixonada pelo quilting (ou patchwork ou wathever…!)

    É uma técnica que já foi bastante usada em Portugal, como estava associada a estratos socias mais baixos (por causa de ser um aproveitamento de tecidos) nunca teve o papel que merecia nos nossos lavores tradicionais. Un dos tipos de quilts mais conhecido é o dos Amish… conheces?

    Gostava de te mostrar o meu último quilt mas não sei deixar aqui o link para o flickr…

    Um Abraço!

  4. Sem dúvidas, a técnica de patchwork é muito interessante e delicada, sem falar no produto final que fica sempre belo. Eu também aprecio essa arte, mas não sei fazer tudo certinho, milimetricamente medidos, apenas emendo pedaços de retalhos e vejo no que resulta. As vezes gosto, as vezes não.

    Um abraço. Sou mais uma fã brasileira, dos seus trabalhos.

  5. Como disse a Mariana aí em cima, também sempre ouço o termo “colcha de retalhos”.

    E como ficaram lindos seus mini cobertores com retalhos de chita! A aplicação da boneca deu um charme especial a eles.

    Encantadores! :o)

    :o*

  6. Tenho uma tia perita em patchwork há muitos anos. Faz colchas, quadros, tudo! Aprendeu com americanas.

Leave a Reply

Required fields are marked *.


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.