no seixal

casaco novo

manas

Como a E. adoptou definitivamente o dela, fiz um casaco para a A. Este cruza um bocadinho à frente e pode levar um botão para ficar fechado. Também é reversível e do outro lado tem o mesmo tecido do capuchinho vermelho que a Rita usou nesta camisa.

De manhã passeámos no lindo centro do Seixal. Fiquei curiosa com os postigos que há em muitas casas, que não são para as cartas e parecem demasiado pequenos para gateiras.

12 comments » Write a comment

  1. A minha avo Olinda tinha um em Coimbra.

    Tinha muitas plantas e dizia que estas precisavam de ar fresco, permanentemente.

  2. deduzo que sejam para deixar entrar uma pequena brisa ou poder fazer passar algum recado entre vizinhas mais depressa.

  3. Olá

    Esses casacos são um mimo…a ganga e tecidos combina muito bem…

    Ficam umas fofas…

    Os postigos fascinam-me assim como as janelas de guilhotina e os pormenores de tinta a saltar das portas de madeira q não são pintadas á muito tempo…

  4. Fico parva com a fotogenia das tuas meninas! A Amélia está um docinho fofo, daqueles que nos fazem suspirar por mais um bebé na familia… e com os casacos elas fazem-me lembrar aquelas meninas pequeninas orientais, espantosas de lindas. Nestas alturas gostava de ter uma menina, pq só tenho um menino com 3 anos, mas visto que uma amiga está internada no hosp, por ter perdido liquido amniotico às 33 semanas, é provavel que seja a pequenina Mariana a ser a contemplada com uma prendinha feita por ti…Well done!

  5. Olá.

    Você vende algumas dessas peças ou faz coleções de roupas infantis?

    Abs.

Comentar