azul

azul

Um dos meus pormenores preferidos em muitas drogarias antigas são as coisas penduradas. Na loja azul em que entrei hoje o contraste entre o tecto azul e os regadores e baldes de plástico às cores deixou-me boquiaberta.

Aos poucos vou reunindo as coisas de que preciso e as que se cruzam no meu caminho e vêm mesmo a calhar, como uma antiga dobadoura que encontrei hoje. Ainda estou à procura (preciso de uma mesa ou de um armário pequeno, queria um daqueles bancos compridos de sentar em frente à lareira, uma dúzia de cadeiras e quanto mais gavetões conseguir encontrar, melhor). Qualquer sugestão de sítio onde espreitar (feira de velharias, armazém nos arredores ou loja da vizinha que vai fechar) é muito bem vinda.

20 comments » Write a comment

  1. Olá Rosa
    Esse tecto é, de facto, espantoso!
    Sugiro-te que vás à Emmaüs, em Caneças, é uma verdadeira caverna de Ali Baba!

  2. Gosto muito!
    Lembrei-me daquelas lojas de móveis em segunda-mão perto do parlamento-Rua de S.Bento, lembro-me de há uns anos entrar numa mesmo em frente ao largo, que parecia que não tinha fim, estava recheada. Boa sorte :)

  3. qualquer dia tenho de por net no telemóvel… um destes dias vi uma série de gavetas de madeira (giras)numa rua de Torres Vedras… não as guardei no carro porque tenho 3 cadeiras dos miúdos e a bagageira é das piquenas ;)

  4. uma vez li no expresso que a câmara de lisboa tem uma espécie de secção de demolições, onde são depositadas portas, portões, corrimões e coisas do género. pode ser que de facto ainda exista e que se encontrem la verdadeiros tesouros!

  5. Queria eu aquele regador vermelho !!!Parece de bom tamanho, pois aqui na minha cidade não tenho encontrado assim. Ou são enormes ou muito pequenos.
    Encantador o teto colorido !

  6. Olá Rosa! Sou frequentadora assídua da Ervilha, mas este é o primeiro comentário. Gostava de aqui deixar uma dica onde encontrar os tais bancos corridos e gavetões. Talvez fique fora de mão para quem vem de Lisboa, mas vale bem a pena a visita. São uns armazéns em Canal, Alcanede, Santarém (Norberto & Correia, Lda). Adquiri lá alguns móveis arquivadores (com fotos em quimaterapia.blogspot.com).

  7. Seu trabalho é encantador.
    Sempre entro pra ver o que vc coloca por aqui.
    Moro no Brasil e só fico imaginando o sotaque lindo de vcs aí, do outro lado do Altântico!
    Beijos

  8. Olá,
    Na estrada velha que vai de Sintra para a Ericeira há imensas lojas de velharias com coisas de morrer. Uma verdadeira tentação para quem gosta de coisas antigas, com carácter, com história.
    Boas compras!

  9. Olá,

    Eu costumo ir aos Emaüs, é uma obra beneficente, que recolhe tudo aquilo que as pessoas já não querem. Têm muitos móveis e objectos de toda a espécie. É em Caneças (ao pé de D. Maria).
    Boa sorte.

    PS Há algum tempo enviei um mail por causa de um galão da retrosaria, mas nunca obtive resposta. Qual é o e-mail da loja?

  10. Os emaus têm muita coisa de facto, mas nem sempre saimos satisfeitos, tem que se ir indo, aliás como em todos os sítios que haja o tipo de coisas que procuras.
    A meu ver, andar de carro pela cidade à noite, a vasculhar os contentores das obras, é sempre uma boa opção.

  11. por acaso nessas drogarias por onde tens andado alguma vez encontraste aquelas medidas (pás) em inox? que serviam para medir a quantidade de grão ou feijão em grandes sacos de pano? ando há procura de uma coisa dessas.
    obrigada e beijinhos

  12. Olá Rosa :-)
    Para todas essas coisas podes procurar nestes sítios:
    . REMAR (Campo de Ourique)
    . EMAUS (Caneças)
    . Bruxedo (Carregado)
    Pesquisa na net. Boa sorte. Bj nossos
    aNa

  13. Olá rosa

    um bom sítio para procurar é na REMAR (carcavelos, campo de ourique, benfica e mem martins que é o armazem geral)

    boa sorte

  14. :-)
    fantástico as drogarias. Também tenho um fascinio de miúda.
    O cheiro.. é uma das coisas que sempre me atraiu. E claro o amontoado de coisas que me distraiam enquanto esperava que nos “aviassem”!
    Outra coisa fantástica é a pericia e agelidade com que os senhores iam ao sitio certo buscar o parafuso ou o que quer que fosse…

  15. Olá,
    Não faço a menor ideia onde, em Lisboa, possa encontrar isso tudo que precisa, mas queria só deixar aqui uma nota:
    Esses bancos compridos de que fala chamam-se “escanos” e ainda existem muitos em Trás-os-Montes (eu sou transmontana, ainda que a morar no Ribatejo…); por baixo do assento têm muita arrumação que poderia servir para pôr a lenha ou cereal ou outra coisa qualquer; alguns têm ainda uma particularidade interessante que é uma mesa ao centro para as pessoas poderem comer à lareira, no frio agreste transmontano, que se recolhe quando não é necessária.

    beijinho
    Teresa

  16. Cara Rosa,
    gosto muito do seu trabalho e do que mostra no seu blog. Às vezes é um autêntico serviço público, com as informações que partilha. Bem haja!
    Em relação a este post, queria dizer-lhe que vivo em Viana do Castelo, e essas coisas que procura aparecem muitas vezes em lojas de velharia e de 2ª mão, bem como numa feira de velharias que se realiza uma vez por mês.
    Gostava também de dizer à Joana que as medidas em inox que procura se encontram na feira semanal, também aqui em Viana.
    Parabéns por ser tão proactiva e inovadora!

    Mafalda Pires

  17. Olá Rosa,
    Conheço uma “loja de velharias” perto do mercado de Arroios, fica na Rua Carvalho de Araújo. Tem todo o tipo de velharias: mesas, mesinhas, cadeiras, estantes, etc… penso que o senhor faz recolha pelas ruas de Lisboa!!;) no entanto, o dito senhor gosta de puxar os preços para cima, apesar das coisas poderem estar a “cair de podres”, por isso é preciso saber negociar!! :) todos os dias passo por lá a caminho do metro da Alameda e fico sempre a namorar a exposição em pleno passeio!! Espero que lhe seja útil.

  18. Pingback: A Ervilha Cor de Rosa » compras:

Leave a Reply

Required fields are marked *.


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>