twitter procura companhia

classificados

Agora que já não nos tem por casa quase o dia todo, a Twitter precisa de companhia. Arisca como poucos, raramente dada a colos e tão invisível às visitas que algumas chegam a duvidar que exista, parece-nos que um/a companheiro/a pequenino/a da mesma espécie lhe fará bem. Há canditatos? Eu preferia que fosse todo preto ou cinzento, mas estou aberta a sugestões.

twitter procura companhia

19 comments » Write a comment

  1. os pretos são lindos (claro que a minha é toda preta :)

    e os cinzentos são mm os meus 2º favoritos :) ainda há uns meses e veio cá parar um cinza liiiiindo… mas a minha gata-cão, de tão sociável que é, não achou piada nenhuma.

    isto tudo só para dizer que é preciso ter paciência, pq mto provavelmente ela irá detestar outro gato… inicialmente ;D mas n te assustes e não desistas! um dia irão adorar-se.

    em relação a arranjar gatitos, podes ir a uma associação de animais…

  2. Parece bem, apesar de conhecidos como solitários gostam de companhia.
    Mas pondera bem entre macho ou femêa porque pela minha experiência as gatas não se dão bem, são territoriais e podem nunca se dar – a não ser irmãs/mãe-filha. Os gatos costumam ser mais dóceis, sei que estou a ser injusta e que muitos/as donos/as vão concerteza dizer o contrário), mas é esta a minha experiência.

  3. Olá
    Tenho um macho preto nascido a 1 de janeiro, se estiver interessada mando fotos. A mãe é preta e branca.

  4. Nos telhados atrás da minha casa há uma família de felinos, a gata mor está com o cio e há 4 candidatos a rondar…Daqui a dois meses há ninhada de certeza! Se quiseres posso tentar apanhar um, já não seria a primeira vez;) Nunca tive gatos mas se tivesse seria cinzento!

  5. Olá Rosa, tens este site http://adopta-me.org/
    E sempre tens a hipótese de ir ao Canil Municipal. Os que estão lá precisam mesmo de ser adoptados…
    Beijinhos e boa sorte na escolha. Bichinhos a precisar de um lar é o que não falta. ;)

  6. Olá. Sugiro que visite o site dos bichanos do porto. têm sempre montes de gatitos a precisar de lar e carinho. Além disso costumam fazer-lhes um check up e assim sabe exactamente o que traz para casa (já me aconteceu apanhar um da rua e vê-lo definhar em alguns dias…) o link é http://bichanosdoporto.blogspot.com/. Espero que consiga.

    A Twitter é linda!!

  7. nós temos uma gata nini, lindíssima, tem o pelo grande e acizentado, dizem que é muito parecida com uma raça dita norueguesa, faz 2 anos em Março e por razões que não interessam agora vamos ter que a dar. Rosa, ou qualquer outra pessoa que nos dê garantias de a tratar bem…?

  8. Sou voluntária na Associação dos Amigos dos Animais Abandonados da Moita
    http://aaaamoita.com.sapo.pt, animaisdamoita@sapo.pt, e no nosso gatil temos dezenas de meninos e meninas pretas à espera de um doninho, a nossa voluntária responsável será certamente uma ótima conselheira de qual o que melhor se adaptará a uma companhia “arisca” (adoro-os ariscos)

  9. A Twitter é linda! e também acho, como alguém disse, que seria melhor adoptar um macho. Mas prepare-se para uns dias (iniciais) difíceis, é preciso alguma paciência por parte dos donos para que a “coisa” funcione sem grandes traumas (faço parte daquele grupo de pessoas que trata os bichos como pessoas).

    Quanto à cor, claro, somos muuuuuuito suspeitos, mas os cinzentos são os mais lindos!

  10. Olá Rosa, apesar das visitas diárias esta vai ser a primeira vez que comento porque conheço bem a causa. Porque não ir a uma associação? Existem sempre dezenas de gatos à espera de dono (pessoalmente recomendo esta: http://sobreviver.blogspot.com/). Quanto à adaptação da Twitter, nos primeiros dias pode ser complicado mas depois há-de adorar a nova companhia. Aconselho outra gata e de preferência novinha. Boa sorte!

  11. Porque não levar a Twitter para a loja? É provável que mude um pouco a personalidade arisca. Sem pressas nem apertos ela acaba por aprender a andar no meio de mais gente do que está habituada.

  12. Olá Rosa, acho uma óptima solução arranjar uma companhia para a gatinha. Cá por casa fizémos o mesmo e arranjámos um macho (castrado). Deram-se bem desde o 1º momento e andam sempre juntos, em casa ou no jardim. Se o macho dá um passeio maior, a fêmea fica em stress e mia verdadeiramente como se estivesse a chamá-lo de volta. Também conheço 1 loja que sempre teve um gato – o oculista do calhariz – o “antigo” playboy foi “substituído” por um novo gato quando morreu. ambos sempre se acomodaram serenamente para dormir as suas sestas entre os óculos e sem causar estragos. são um ex libris fantástico!

Comentar